"Antes da Meia-Noite" e filme sobre viciado em pornô são destaques de Sundance

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Festival norte-americano impulsiona trajetória de longas independentes; iG seleciona os mais comentados do evento

Uma pergunta cerca a edição 2013 do Festival de Cinema de Sundance, que começou em 17 de janeiro e termina neste domingo (27) em Utah, nos Estados Unidos: qual filme será o novo "Indomável Sonhadora"? Afinal, foi em Sundance, no ano passado, que o modesto longa do desconhecido cineasta Benh Zeitlin ganhou o prêmio do júri e começou uma trajetória de sucesso que culminou em surpreendentes quatro indicações ao Oscar - incluindo melhor filme, diretor e atriz.

Siga o iG Cultura no Twitter

Foi o mais recente caso de "queridinho" do festival que ganhou o público e a Academia. Fundado em 1978 pelo ator Robert Redford, Sundance deu o pontapé inicial para vencedores do Oscar como "Preciosa" e "Pequena Miss Sunshine" e fenômenos de bilheteria como "A Bruxa de Blair", além de chamar a atenção de Hollywood para diretores como Christopher Nolan (com "Amnésia") e Steven Soderbergh (com "Sexo, Mentiras e Videotape").

Neste ano, os críticos já começaram a eleger seus favoritos, enquanto distribuidoras correm para comprar os direitos das produções mais promissoras.

Veja cinco filmes com potencial de sucesso, nos quais vale ficar de olho. 

Divulgação
Michael B. Jordan em cena de 'Fruitvale'

"Fruitvale", de Ryan Coogler

Principal destaque de Sundance até agora, foi alvo de intensas negociações entre várias distribuidoras, até a poderosa Weinstein Company fechar a compra por US$ 2,5 milhões. De acordo com o site Deadline, a disputa foi acirrada porque "vários compradores acreditam que 'Fruitvale' tem potencial para ser um desses filmes que surgem do nada - como 'Preciosa' e 'Indomável Sonhadora' - para conquistar público e críticos". 

O filme conta a história real de Oscar Grant, jovem negro de 22 anos morto pela polícia da região de San Francisco no Réveillon de 2009. A imprensa norte-americana vem rasgando elogios ao diretor estreante, Ryan Coogler, e ao ator Michael B. Jordan, que até agora teve participações pequenas no cinema e na TV. "É um papel-revelação", disse a Entertainment Weekly, que definiu "Fruitvale" como o primeiro "uau" de Sundance neste ano. 

Divulgação
Ethan Hawke e Julie Delpy em 'Antes da Meia-Noite'

"Antes da Meia-Noite", de Richard Linklater

A aguardada volta de Ethan Hawke e Julie Delpy como Celine e Jesse, os personagens de “Antes do Amanhecer” e “Antes do Pôr-do-sol”, foi muito bem recebida pelos críticos. O filme, dirigido por Richard Linklater, encontra os dois juntos durante uma viagem à Grécia. Como sempre, o casal fará muita discussão de relação.

De acordo com a Indiewire, "Antes da Meia-Noite" é o trabalho "mais refinado" de Linklater. A Slate foi além, dizendo que o filme é "tão bom que se aproxima da perfeição", enquanto o Hollywood Reporter afirmou que Delpy e Hawke estão “tão convicentes na meia-idade quanto quando eram jovens apaixonados” e que “o público que envelheceu junto com Celine e Jesse vai adorar o novo episódio”. A discordância ficou para o britânico The Guardian, que chamou o filme de “forçado e desnecessário”.

Divulgação
Daniel Radcliffe (esq.) em cena de 'Kill Your Darlings'

"Kill Your Darlings", de John Krokidas

Daniel Radcliffe diz adeus a Harry Potter de uma vez por todas ao interpretar Allen Ginsberg no filme de John Krokidas que fala sobre um assassinato que envolveu o poeta e outros dois ícones da geração Beat, Jack Kerouac e William Burroughs.

Uma cena de sexo homossexual, em particular, deve provocar comoção entre os fãs dos livros de J.K. Rowling.

Os críticos aprovaram a atuação do britânico: "Enquanto transmite a excitação de um jovem rebelde disposto a derrubar as convenções, Radcliffe também ancora o filme com vulnerabilidade certeira”, disse o Hollywood Reporter. Para a revista New York, o ator “escolhe seu caminho sem pedir desculpas àqueles que podem considerar suas escolhas estranhas ou chocantes” e “adapta o usual modelo de carreira de atores jovens a seus próprios interesses”.

Divulgação
Scarlett Johansson e Joseph Gordon-Levitt em cena de 'Don Jon's Addiction'

"Don Jon’s Addiction", de Joseph Gordon-Levitt

Famoso por seus papel no filme “500 Dias com Ela” e na série “30 Rock From The Sun”, Joseph Gordon-Levitt faz sua estreia como roteirista e diretor.

Ele também é o protagonista, um homem viciado em pornografia que busca uma vida amorosa e sexual mais satisfatória. No elenco também estão Scarlett Johansson, Julianne Moore, Tony Danza, Channing Tatum e Anne Hathaway.

Comprado por US$ 4 milhões pela Relativity Media, após negociações com várias distribuidoras, o longa deve estrear no verão americano (junho a agosto) em cerca de 2 mil salas. Os críticos pareceram surpresos com a diversão proporcionada por um filme que, segundo eles, repete clichês de comédias do gênero. A Entertainment Weekly definiu o longa como "charmoso", enquanto o The Guardian chamou Gordon-Levitt de "diretor promissor".

Divulgação
Cena de "Twenty Feet From Stardom"

"Twenty Feet From Stardom", de Morgan Neville

Sundance também costuma ser forte na seleção de documentários, e o destaque deste ano é o filme do diretor Morgan Neville - ovacionado pela plateia em várias sessões. "Quem viu, virou fã", disse o jornal New York Times. "O público aplaudiu de pé."

"Twenty Feet From Stardom" celebra o trabalho pouco conhecido e valorizado das backup singers, as cantoras de apoio de estrelas da música.

O documentário conta com depoimentos de Mick Jagger, Stevie Wonder, Bruce Springsteen e Sheryl Crow. Disputado por várias distribuidoras, foi comprado pela Weinstein Co. e deve ser lançado no verão americano.

Divulgação
Nicole Kidman e Mia Wasikowska em cena de 'Stoker'

Outros destaques:

Espécie de "lado B" de Hollywood, o Festival de Sundance é palco para atores famosos que tentam a sorte em filmes independentes. Um dos melhores exemplos deste ano é "Stoker", misto de filme de horror e thriler psicológico estrelado por Nicole Kidman e dirigido por Park Chan-wook, de "Old Boy", em sua estreia no cinema americano.

Naomi Watts e Robin Wright estão em "Two Mothers", um dos filmes que mais dividiu os críticos neste ano, no qual intepretam mães que se apaixonam pelos filhos uma da outra.

Jovens atores também estão com tudo nesta edição de Sundance. Amanda Seyfriend é a estrela de "Lovelace", sobre a atriz pornô Linda Lovelace, enquanto Shia LaBeouf e Evan Rachel Wood dividem a cena em "The Necessary Death of Charlie Countryman", suspense ambientado na Romênia.

Famoso por "Superbad" e "Juno", Michael Cera foi ao festival com dois filmes - ambos dirigidos pelo chileno Sebastian Silva: "Crystal Fairy" e "Magic Magic".

Leia tudo sobre: festival de sundancesundance 2013

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas