Jessica Chastain domina bilheterias na América do Norte

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Atriz estrela "Mama" e "A Hora Mais Escura", os dois filmes mais vistos no fim de semana nos Estados Unidos e no Canadá

Reuters

Reuters

 A atriz Jessica Chastain superou Mark Wahlberg, Arnold Schwarzenegger e outros quando seu filme de baixo orçamento "Mama" liderou as bilheterias dos cinemas da América do Norte no fim de semana. De quebra, o filme indicado ao Oscar "A Hora Mais Escura", em que ela também é protagonista, ficou com a segunda posição.

"Mama" arrecadou US$ 28,1 milhões (R$ 57,3 milhões) de sexta-feira a domingo nos cinemas dos Estados Unidos e do Canadá, de acordo com estimativas dos estúdios, deixando para trás uma série de filmes voltados ao público masculino e movidos a testosterona.

Siga o iG Cultura no Twitter

AP
Jessica Chastain recebe o Globo de Ouro de atriz de drama por "A Hora Mais Escura"

"A Hora Mais Escura", com o qual Chastain é uma das favoritas ao Oscar de melhor atriz, arrecadou US$ 17,6 milhões (R$ 35,9 milhões), enquanto outro lançamento de 2012 e também favorito ao Oscar "O Lado Bom da Vida" ficou em terceiro com US$ 11,4 milhões (R$ 23,2 milhões).

"Broken City", um thriller criminal que estrela Wahlberg e Russel Crowe, ficou em quinto, com US$ 9 milhões (R$ 18,3 milhões), atrás de "Caça aos Gangsters", com US$ 9,1 milhões (R$ 18,5 milhões).

Já o novo filme de Schwarzenegger, "O Último Desafio", arrecadou somente US$ 6,3 milhões (R$ 12,8 milhões), ficando com a 10ª posição.

"Mama" traz Chastain como uma guitarrista que não quer ter filhos, mas é forçada a cuidar de duas sobrinhas que ficam órfãs e que viviam na floresta. Ela e o marido tentam reajustar as duas meninas à vida normal.

Baseado em um curta metragem de 2008, o filme foi produzido com cerca de 15 milhões de dólares. "Esse é um grande resultado, um que nós jamais esperaríamos, ainda mais para um filme deste gênero", disse Nikki Rocco, presidente da Universal para distribuição doméstica.

"O timing foi perfeito", acrescentou ela, lembrando que "a chave... foi um filme com apelo para uma audiência feminina com menos de 25 anos de idade".

Completam a lista dos dez filmes que mais arrecadaram nas bilheterias da América do Norte "Inatividade Paranormal", em sexto com US$ 8,3 milhões (R$ 16,9 milhões); "Django Livre", sétimo com US$ 8,2 milhões (R$ 16,7 milhões); "Os Miseráveis", oitavo com US$ 7,8 milhões (R$ 15,9 milhões); e "O Hobbit: Uma Jornada Inesperada", nono lugar com US$ 6,4 milhões (R$ 13 milhões).

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas