Matt Damon diz que está feliz com sucesso de Ben Affleck em Hollywood

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

'Só por ter passado pelo que passou, ele merece', disse o ator; leia entrevista

Reuters

Reuters

Getty Images
O ator Matt Damon

Ben Affleck está triunfando na temporada de premiações de Hollywood com seu filme "Argo", e ninguém poderia estar mais feliz do que seu velho amigo Matt Damon.

"Argo", que Affleck dirigiu, produziu e estrela, ganhou os prêmios de melhor filme e melhor direção no Globo de Ouro, no domingo, e no Critics Choice, ocorrido na semana passada. Ele também é indicado para sete Oscar.

A história do resgate de diplomatas dos EUA em Teerã depois da Revolução Islâmica de 1979 colocou Affleck de volta aos holofotes após um período exaustivo 10 anos atrás, quando ele se tornou alvo dos tablóides enquanto namorava Jennifer Lopez, e o casal estrelou a comédia romântica "Contato de Risco" (2003).

Leia também: Globo de Ouro consagra "Argo" e "Os Miseráveis"

Damon, com quem Affleck compartilhou o Oscar de melhor roteiro no filme de 1997 "Gênio Indomável", falou com a Reuters sobre o sucesso de seu amigo.

'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: DivulgaçãoJohn Goodman, Alan Arkin e Ben Affleck em 'Argo'. Foto: Divulgação'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: Divulgação'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: DivulgaçãoBryan Cranston em 'Argo'. Foto: Divulgação'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: DivulgaçãoBen Affleck em 'Argo'. Foto: Divulgação'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: Divulgação'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: Divulgação'Argo', dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: Divulgação"Argo", dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: DivulgaçãoBryan Cranston Ben Affleck em "Argo". Foto: DivulgaçãoJohn Goodman, Alan Arkin e Ben Affleck. Foto: Divulgação"Argo", dirigido e estrelado por Ben Affleck. Foto: Divulgação

Pergunta: Você deve estar muito orgulhoso de Affleck.
Matt Damon: Eu estou feliz por ele. Realmente feliz. Não estou surpreso, porque eu o conheço há muito tempo e sei o quão talentoso ele é.

Pergunta: Ben passou por uma fase difícil no começo dos anos 2000 quando a mídia foi impiedosa com ele. Foi duro acompanhar isso dos bastidores?
Matt Damon: Foi duro vê-lo ser atacado todos aqueles anos, porque a imagem dele era tão diferente daquilo que ele realmente era. Sempre senti uma necessidade absurda de defendê-lo. Era triste. Eu ficava triste porque ele é o cara mais esperto, mais engraçado, mais legal, mais gentil e incrivelmente talentoso. E a opinião sobre ele era o oposto. Então, foi difícil.

Pergunta: Quando essa imagem dele mudou para melhor?
Matt Damon: Demorou bastante tempo. Não foi uma coisa só. Ele teve que cavar fundo. Ele fez muitos trabalhos realmente bons por muito tempo. O último filme que ele fez ("Atração Perigosa") foi ótimo. E o filme anterior também ("Medo da Verdade"). Finalmente, as pessoas conseguiram falar ‘Uau, ele está bem no topo'.

Pergunta: Vocês dois surgiram juntos na carreira e ganharam um Oscar de roteiro juntos. Como você escapou das críticas da mídia e ele não?
Matt Damon: Dez anos atrás ele estava namorando (a atriz Jennifer Lopez) e estava na capa da revista "US Weekly" toda semana. Ninguém sabia mais disso do que ele. Falei com ele na época. Ele disse ‘estou no pior lugar que poderia estar, eu vendo revistas e não ingressos de cinema'. Lembro que o nosso agente ligou para a editora da revista implorando para não colocá-lo mais na capa... Ela disse: ‘minhas mãos estão atadas. Ele vende revistas em todo o Meio Oeste. Lamento.' Ele estava ciente do que estava acontecendo."

Pergunta: Como você está se sentindo com relação a Ben nesta temporada de premiações?
Matt Damon: Agora estou muito feliz. Estou vendo-o passar por isso e é ótimo. Ele merece tudo o que vai ganhar. Só por ter passado pelo que passou, ele merece. Mas ele merece porque fez um ótimo filme.

Leia tudo sobre: matt damonben affleckargocinema

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas