Putin concede cidadania russa ao ator francês Gérard Depardieu

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Artista deixou seu país natal para escapar do proposto aumento de imposto para os ricos

Reuters

Divulgação
O ator francês Gerard Depardieu

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, concedeu a cidadania russa ao ator francês Gérard Depardieu, que deixou seu país natal para escapar do proposto aumento de impostos para os ricos, informou o governo russo nesta quinta-feira.

Siga o iG Cultura no Twitter

O astro de "Cyrano de Bergerac" foi no ano passado para o outro lado da fronteira, na Bélgica, para fugir do aumento de impostos planejado pelo presidente socialista, François Hollande, e Putin disse que ele seria bem-vindo na Rússia.

Leia também: Gérard Depardieu "devolve" passaporte francês após polêmica

"Se Gérard realmente quiser ter uma permissão de residência na Rússia ou um passaporte russo, acreditamos que o assunto está resolvido e resolvido de forma positiva", disse Putin em uma coletiva de imprensa no mês passado.

O wesbite do governo russo informou nesta quinta-feira que Putin havia assinado um decreto concedendo a cidadania a Depardieu. O texto do comunicado sugere que o ator, de 63 anos, havia feito uma solicitação para obtê-la. Um representante do ator não quis comentar.

O Conselho Constitucional da França bloqueou no mês passado a taxa planejada de impostos de 75% nos rendimentos superiores a 1 milhão de euros (US$ 1,32 milhão), mas Hollande planeja propor uma lei com outro texto que ainda "irá cobrar mais daqueles que têm mais".

Leia tudo sobre: gérard depardieucinemafrançarússia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas