Diretores dizem não ao novo "Star Wars"

Zack Snyder, Steven Spielberg e Quentin Tarantino querem distância do projeto da Disney

iG São Paulo |

Getty Images
Steven Spielberg e Quentin Tarantino: diretores querem distância do novo "Star Wars"

Após o anúncio da compra da Lucasfilm pela Disney e de um novo episódio da saga "Star Wars" previsto para 2015, os boatos sobre quem assumiria a direção do projeto começaram a surgir na internet.

Siga o iG Cultura no Twitter

Enquanto atores da trilogia original, como Harrison Ford , disseram estar abertos a negociações , alguns diretores aproveitaram para dizer que não têm interesse em participar do sétimo episódio.

Em entrevista ao jornal LA Times, o cineasta Zack Snyder, de "Watchmen" (2009), disse não ter vontade de dirigir o novo filme. "Sou um grande fã de 'Star Wars'. Só acho que fazer novos episódios é um tremendo erro. Existem muitas outras experiências mitológicas que eu gostaria de ver".

Steven Spielberg também negou interesse na saga em depoimento dado ao site Access Hollywood: "Não! Não! Esse não é o meu gênero. É o gênero do meu melhor amigo George Lucas".

Leia também: Spielberg filma a grande história americana no intimista "Lincoln"

O diretor do ainda inédito "Django Livre" , Quentin Tarantino disse ao EW que "não poderia ligar menor para isso". "Especialmente se é a Disney quem vai fazê-lo. Não estou interessado na versão de 'Star Wars' ao estilo Simon West [diretor de 'Os Mercenários 2' ]."

A única informação real até o momento é que "Star Wars: Episódio VII" está previsto para 2015, com a atual vice-presidente da Lucasfilm, Kathleen Kennedy, como sua produtora executiva, e uma primeira versão do roteiro feita por Michael Ardnt, de "Toy Story 3".

Leia também: Anúncio de novos episódios de "Star Wars" divide fãs da franquia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG