Em cerimônia simples, Sylvia Kristel é enterrada na Holanda

Atriz tinha 60 anos e morreu em decorrência de um câncer de esôfago

AFP | - Atualizada às

AFP

A atriz holandesa Sylvia Kristel, que estrelou o clássico do cinema erótico "Emmanuelle", foi sepultada após uma cerimônia simples em sua cidade natal, Utrecht, nesta sexta-feira (dia 26), informou sua agente.

Responsável por um papel que foi símbolo da revolução sexual dos anos 1970, Kristel morreu em 18 de outubro aos 60 anos devido a um câncer de esôfago.

"A cerimônia foi realizada nesta tarde", indicou a agente Nina Ziegler à AFP.

O francês Just Jaeckin, diretor de "Emmanuelle", também participou da homenagem íntima em uma funerária. Clipes de seus filmes foram transmitidos após o enterro do corpo de Kristel no cemitério de Utrecht, disse Ziegler.

Kristel chegou à fama em 1974, aos 22 anos, com seu primeiro filme, "Emmanuelle", que contava as aventuras eróticas de uma jovem na Ásia. "Emmanuelle" rompeu, nos anos 1970, o tabu do sexo no cinema e inaugurou o erotismo como elemento central da trama.

Siga o iG Cultura no Twitter

EFE
Sylvia Kristel em julho de 2011

O longa foi um grande sucesso. Filmado na Tailândia e nas Ilhas Seychelles com um orçamento de US$ 500 mil, arrecadou US$ 100 milhões e, em alguns países, como França e Japão, permaneceu mais de uma década em cartaz.

Ricardo Calil: Nunca houve uma mulher como Emmanuelle

Nas décadas seguintes, Kristel apareceu em várias sequências do filme, inclusive numa série de sequências feitas para a TV nos anos 1990, quando interpretava uma versão madura da personagem original.

Há pouco mais de um ano, em abril de 2011, Sylvia confessou que gostaria de ter um "pequeno papel" na versão em 3D que está sendo feita do filme, e disse que desejava continuar na carreira de produtora, após ter dirigido em 2008 o curta-metragem de animação "Topor et Moi".

Além do clássico, Sylvia Kristel atuou em cerca de 50 filmes internacionais, muitos de conteúdo erótico. Iniciou sua carreira como modelo juvenil, e em 1972 foi escolhida Miss TV Europe, o que a tornou conhecida nos bastidores do cinema.

"Ela foi conhecida por seu trabalho erótico, mas podia fazer muito mais do que isso", disse a sua agente, Marieke Verharen. "Ela é a atriz holandesa mais famosa que já existiu."

Abaixo, cinco cenas picantes de Sylvia Kristel:

    Leia tudo sobre: sylvia kristelcinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG