Festival do Rio: "O Gorila" enrola-se em mistérios e falha como thriller

Longa dirigido por José Eduardo Belmonte foi inspirado por conto de Sérgio Sant’Anna e tem Mariane Ximenes e Alessandra Negrini no elenco

Mariane Morisawa - especial para o iG |

Às vezes, o filme dá errado porque o cineasta não tem ideia do que está fazendo. Não é o caso de José Eduardo Belmonte, diretor de “Se Nada Mais Der Certo” e “A Concepção”. Mas o resultado é o mesmo para seu filme “O Gorila”, exibido na noite de quinta-feira (4) dentro da competição da Première Brasil do Festival do Rio .

No longa inspirado por um conto de Sérgio Sant’Anna, Otávio Müller é Afrânio, um ex-dublador de seriados de televisão americanos que passa trotes majoritariamente em mulheres, autodenominando-se o gorila do título. É um “tarado de telefone”.

Siga o iG Cultura no Twitter

Estranhamente, é bem recebido pelas vítimas, do homossexual enrustido (Eucir de Souza) à crente (Luiza Mariani), passando pela vizinha recém-separada (Alessandra Negrini). Todas lindas, misteriosas, sedutoras. Principalmente a mais intrigante, Cíntia (Mariana Ximenes), que nunca atende o telefone. Na noite de Natal, é ele quem recebe um telefonema de uma tal Darlene, que diz que vai se matar. Afrânio vai parar numa festa, vê um corpo, mas também fica sabendo do aparente suicídio de uma Darlene pela televisão.

Mais Festival do Rio: “A Negociação” traz Richard Gere como magnata em apuros

Os clichês se empilham: as mulheres são todas lindas e impossíveis para o protagonista, a mãe, claro, é um problema, a causa da compulsão de Afrânio é psicológica, óbvio... Poderia até ser uma brincadeira divertida com as convenções do thriller, mas o filme não se sustenta no gênero.

A origem literária em formato curto logo começa a pesar sobre o longa, que tenta aumentar cada vez mais os mistérios, sem que Afrânio e o público saibam o que é realidade e o que não é. Para “O Gorila”, fica difícil de desenrolar-se, e o final é decepcionante e bobo.

    Leia tudo sobre: festival do rioo gorilajosé eduardo belmontecinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG