"O Segredo da Cabana" tem a marca de Joss Whedon

Diretor de "Os Vingadores" é um dos roteiristas do filme que une terror, comédia e fantasia

Mariane Morisawa - especial para o iG |

Joss Whedon, de “Os Vingadores” , passou a direção de “O Segredo da Cabana” para Drew Goddard, mas as marcas de sua escrita estão no filme, exibido no Festival do Rio . Ou seja, uma mistura de terror, comédia e fantasia, com piscadelas para a plateia.

Siga o iG Cultura no Twitter

O longa começa com uma dupla engravatada (Bradley Whitford e Richard Jenkins) discutindo gravidez, uma certa experiência que deu errado e como precisam bater os japoneses. Depois desse prólogo, aparentemente começa outro filme: cinco jovens amigos vão para uma cabana no alto de uma montanha. A aparência, lógico, é de arrepiar. Mas eles logo estão se divertindo.

Cada um se encaixa num papel: há a periguete Jules (Anna Hutchison), namorada do fortão Curt (Chris Hemsworth, o Thor dos filmes da Marvel ), o chapado Marty (Fran Kranz), o intelectual Holden (Jesse Williams) e a virgem Dana (Kristen Connolly). Parecem personagens de um filme de terror, não é? Pois então.

Acesse o especial do Festival do Rio

Logo, o público fica sabendo que aqueles respeitáveis senhores lá do prólogo são, na verdade, os engenheiros por trás de uma espécie de jogo que vai acabar com a vida dos cinco. Entre eles, só o maconheiro Marty desconfia de alguma coisa.

A ideia é bem engenhosa e rodada de forma divertida. Mas, lá pelas tantas, dá para ver que o roteirista não sabia muito bem para onde ir. Ainda assim, há uma cena com monstros muito engraçada. No fim, é um entretenimento um pouquinho mais esperto do que a média do gênero.

Programação no Festival do Rio – confirme os horários antes de sair de casa
Terça (2), às 16h30 e 21h30, no Kinoplex Tijuca 4. Sexta (5), às 16h30 e 21h30, no São Luiz 3.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG