Filme "As Sessões" retrata homem paralisado que decide perder a virgindade

John Hawkes brilha no papel principal do filme que ganha exibição no Festival do Rio

Mariane Morisawa - especial para o iG | - Atualizada às

John Hawkes é um grande ator e tem roubado a cena no papel de sujeitos sujos e horripilantes em filmes como “Inverno da Alma” e “Martha Marcy May Marlene”. Assim, é bacana vê-lo exibindo outro lado em “As Sessões”, dirigido por Ben Lewin, que será exibido a partir desta sexta (28) no Festival do Rio .

Ele interpreta Mark O’Brien, um homem de 36 anos que passa boa parte do tempo num pulmão de aço e não levanta da cama devido a sequelas da poliomielite. Virgem, decide que é hora de mudar a situação. E contrata Cheryl (a sumida Helen Hunt), uma terapeuta sexual, para dar jeito no assunto.

Siga o iG Cultura no Twitter

A história é baseada em fatos reais e dirigida com doçura por Ben Lewin, ele próprio uma vítima da mesma doença, que consegue alcançar o difícil equilíbrio entre drama e comédia pedido pela trama.

É o tipo do papel talhado para o Oscar , e Hawkes deve estar entre os indicados na categoria de ator principal por seu retrato sem maneirismos fáceis, apoiado nos sentimentos com os quais qualquer um consegue se identificar. Helen Hunt também se destaca, assim como William H. Macy no papel de um padre moderninho.

“As Sessões” levou o prêmio do público no Sundance Festival e foi um dos mais comentados em Toronto. Só não encontra vaga no Oscar se os conservadores membros da Academia incomodarem-se com as cenas de nu frontal e de sexo, mesmo que discretas.

Programação*:

Sexta (28), às 15h e às 22h, no Estação Vivo Gávea 5. Sábado (29), às 16h30 e 21h30, no Roxy 3. Terça (2), às 16h30 e 21h30, no São Luiz 3. Quinta (4), às 14h e 19h, no Kinoplex Leblon 4.

* confira antes de sair de casa

    Leia tudo sobre: festival do riosessõescinemajohn hawkeshelen hunt

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG