"O Palhaço" é escolhido para representar o Brasil no Oscar 2013

iG apurou que o longa-metragem dirigido por Selton Mello ganhou de "Xingu" por apenas um voto

Valmir Moratelli - iG Rio de Janeiro | - Atualizada às

Dirigido por Selton Mello , o filme "O Palhaço" foi o escolhido para concorrer pelo Brasil ao Oscar 2013 . O longa disputava com outras 15 produções (veja a lista ao final do texto). O anúncio foi divulgado nesta quinta (dia 20) no Rio de Janeiro.

Siga o iG Cultura pelo Twitter

"O Palhaço é um filme impregnado de delicadeza, e a sua escolha como representante brasileiro me encheu de alegria", disse Mello.

A indicação foi feita por uma comissão especial de seleção, composta pela Secretária do Audiovisual do Ministério da Cultura, Ana Paula Dourado Santana; Ana Luiza Azevedo; André Sturm; Carlos Eduardo Rodrigues; Flávio Tambellini; George Torquato Firmeza; José Geraldo Couto; e Lauro Escorel.

O iG  apurou que o 'Palhaço' venceu por apenas um voto. Cada um dos integrantes da comissão podia escolher até três filmes. O longa de Selton Mello recebeu 8 votos no total. Foi seguido por "Xingu", com sete votos. "À Beira do Caminho" teve quatro votos, enquanto "Histórias Que Só Existem Quando Lembradas" recebeu três votos. "Heleno" e "Colegas" ficaram com um voto cada um.

Crítica - Selton Mello acerta em "O Palhaço"

Ana Paula Santana, secretária do Audiovisual do Ministério da Cultura, disse em entrevista: "Não foi um trabalho fácil. Eram, 16 inscritos, ficamos mais de três horas em torno de discussões para o possível indicado. Decidimos por 'O Palhaço' por ser um filme autoral e que mais alia as qualidades do cinema com o sucesso de público brasileiro. 'O Palhaço' tem alma brasileira: emociona, é corajoso."

Representante do Ministério das Relações Exteriores, Ana Luiza Azevedo afirmou: "A maior inovação que a gente faz com esta escolha reside no seu diferencial, no momento em que foi lançado, o filme não tinha a pretensão de chegar aonde chegou. É um filme singelo, sensível e teve enorme receptividade do público brasileiro".

Entrevista - Selton Mello: "Queria fazer um filme para o grande público"

Em toda a história, o Brasil concorreu quatro vezes ao Oscar de filme estrangeiro, mas nunca ganhou. Os indicados foram "O Pagador de Promessas" (1963), "O Quatrilho" (1996), "O Que É Isso Companheiro" (1998) e "Central do Brasil" (1999). Em 2004, "Cidade de Deus" concorreu a quatro estatuetas, incluindo melhor diretor para Fernando Meirelles, mas não entrou na disputa de filme estrangeiro.

Os últimos indicados para representar o Brasil no Oscar foram "Tropa de Elite 2" (2012), "Lula, O Filho do Brasil" (2011), "Salve Geral" (2010), "Última Parada 174" (2009), "O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias", (2008) e "Cinema, Aspirinas e Urubus" (2007). Nenhum deles passou para a última fase, que contempla os cinco concorrentes finais à estatueta.

Leia também: Maria Fernanda Cândido fala de 'Sessão de Terapia', dirigida por Selton Mello

Veja abaixo a lista dos filmes inscritos:

"À Beira do Caminho"
"Billi Pig"
"Capitães da Areia"
"Colegas"
"Corações Sujos"
"Dois Coelhos"
"Heleno"
"Elvis & Madona"
"Histórias Que Só Existem Quando Lembradas"
"Luz Nas Trevas"
"Menos Que Nada"
"Meu País"
"O Carteiro"
"O Palhaço"
"Paraísos Artificiais"
"Xingu"

    Leia tudo sobre: oscarcinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG