Mickey Rourke completa 60 anos

Astro de "Coração Satânico" e "O Lutador" enfrentou altos e baixos na carreira; veja imagens

iG São Paulo | - Atualizada às

O ator norte-americano Mickey Rourke faz 60 anos neste domingo (16). Nascido no Estado de Nova York, Philip Andre Rourke Jr. passou a adolescência treinando para se tornar um boxeador profissional.

Como amador, dos 12 aos 20 anos, ele teve 27 vitórias, sendo 17 por nocaute. Em paralelo aos ringues, Rourke começou a participar de peças teatrais na escola. Influenciado por um amigo, decidiu inscrever-se na escola de atores Actors Studio.

Sua estreia no cinema foi em "1941 - Uma Guerra Muito Louca" (1979), comédia dirigida por Steven Spielberg. Mas a atenção da mídia só surgiu alguns anos mais tarde, quando ele estrelou, ao lado de Kim Basinger, o drama erótico "Nove e Meia Semanas de Amor" (1986).

Enquanto a produção garantiu a Rourke o estatus de sex symbol, seu filme seguinte, "Coração Satânico" (1987), gerou reconhecimento da crítica. No longa, o ator interpretou o detetive Harry Angel, contratado pelo misterioso Louis Cyphre (Robert De Niro) para encontrar um cantor.

Após alguns tropeços em produções como "Francesco - A História de São Francisco de Assis" (1989) e "Orquídea Selvagem" (1990), Rourke se envolveu no fracasso de público e crítica "Harley Davidson e Marlboro Man - Caçada sem Tréguas" (1991). Estrelado por ele e Don Johnson, o filme arrecadou apenas US$ 7 milhões (R$ 14 milhões), quantia bem abaixo de seu orçamento de US$ 23 milhões (R$ 46 milhões).

Getty Images
Mickey Rourke durante luta de boxe em 1992

Siga o iG Cultura no Twitter

Deprimido com seus últimos trabalhos, Rourke retomou a carreira de boxeador em 1991. Nesse período, recusou papéis principais em filmes como "Os Intocáveis", "Um Tira da Pesada", "O Silêncio dos Inocentes", "Rain Man", "48 Horas" e "Pulp Fiction - Tempo de Violência". Aos amigos, dizia que não tinha qualquer "respeito próprio" por seu trabalho como ator.

Apesar de algumas vitórias, especialistas afirmaram que Rourke já estava velho demais para conseguir bons resultados. Os ferimentos adquiridos nesse processo, como fraturas no nariz, dedos, costelas e maxilar, o levaram a uma série de plásticas malsucedidas. Mais tarde, o astro admitiu que queria apenas "testar a si mesmo".

Desacreditado pelos estúdios, Rourke nunca mais obteve o mesmo destaque. Nessa fase, marcada por pequenas participações em filmes como "O Homem que Fazia Chover" (1997) e "Buffalo 66" (1998), o ator fez sua estreia em filmes de ação como o vilão de "A Colônia" (1996), um fracasso dividido com Jean Claude Van Damme e com o jogador de basquete Dennis Rodman.

Rourke começou a receber propostas melhores nos anos 2000. O ator foi coadjuvante em "Era Uma Vez no México" (2003) e "Chamas da Vingança" (2004). Neste período, apaixonou-se por chihuahuas e chegou a abandonar projetos por não poder levar os cachorros ao set.

A volta ao estrelato começou com um convite de Robert Rodriguez para interpretar Marv, o truculento assassino de "Sin City" (2005). No mesmo ano, dividiu a tela com a estrela Keira Knightley em "Domino - A Caçadora de Recompensas", longa de ação dirigido por Tony Scott .

Divulgação
Mickey Rourke em cena de "O Lutador" (2008): redenção do astro na tela e nos ringues

Mas foi graças a um convite de Darren Aronofsky que o astro encontrou a redenção. O cineasta foi responsável por forçar a entrada de Rourke em "O Lutador" (2008), contrariando os investidores do filme, preocupados com sua má fama.

A crítica foi unânime ao avaliar o trabalho do ator, validando assim a "ressurreição de Mickey Rourke", como o próprio cartaz do filme dizia na época de seu lançamento. Pelo papel do ex-astro da luta livre Randy Robinson, Rourke ganhou o Globo de Ouro de melhor ator e recebeu uma indicação ao Oscar.

Entre seus trabalhos recentes estão "Os Mercenários" (2010), de Sylvester Stallone, "Homem de Ferro 2" (2010) e "Imortais" (2011) - nos dois últimos, Rourke interpreta os vilões. Sua próxima aparição nos cinemas deve acontecer em "Sin City: A Dame to Kill" , previsto para 2013. Nele, Rourke reprisa o papel do brutamontes Marv.


    Leia tudo sobre: Mickey Rourkecinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG