"Sempre assumi o que faço ou o que disse", afirma a eterna musa do cinema francês

AFP

A ex-estrela do cinema francês Brigitte Bardot declarou que "já não quer seduzir nada nem ninguém" e que tem "mais colhões do que muitos homens", em uma entrevista à revista Vogue Hommes International que começará a ser vendida nesta quinta-feira (dia 13).

"Sempre fiz o que quis (...) Sei que tenho mais colhões do que muitos homens", afirmou Bardot, que fará 77 anos no dia 28 de setembro. "Poderiam me tomar como exemplo. Sempre assumi o que faço ou o que disse", afirmou a ex-diva, que tem como principal ocupação a defesa dos animais.

Siga o iG Cultura no Twitter

Afirmando que agora "só aspira à solidão", Bardot informou que o mundo atual não a agrada. "Como sou de natureza contemplativa, (a solidão) me cai muito bem", disse. Além disso, "não gosto do mundo atual. Se fosse diferente, talvez vivesse menos isolada", acrescentou.

Leia também: Retrato de Brigitte Bardot feito por Andy Warhol vai a leilão

Sobre a sua época de artista, Bardot afirmou que se achava feia. "Tentava ficar mais bonita o possível e ainda assim, me achava feia. Custava muito para mim sair, me mostrar. Tinha medo de não estar à altura do que se esperava de mim", declarou na entrevista.

"Agora, na minha idade, não quero seduzir nada nem ninguém", disse a ex-estrela, que confessou ter sido "literalmente esmagada pela fama". "Ninguém pode imaginar até que ponto foi espantoso. Um calvário. Já não podia viver daquele jeito", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.