Digital Domain Media Group tem dívidas totais de R$ 433 milhões

Reuters

Cena de 'Transformers: O Lado Oculto da Lua'
Divulgação
Cena de 'Transformers: O Lado Oculto da Lua'

A Digital Domain Media Group, que conquistou Oscars pelos seus efeitos visuais em filmes como "Transformers" e "Titanic", pediu concordata nesta terça-feira (11), nos Estados Unidos, dias depois de anunciar que precisava de mais capital para se manter à tona.

A empresa, cujos fundadores incluem James Cameron, o diretor de "Titanic", citou dívidas totais de US$ 214,9 milhões (R$ 433 milhões) e ativos totais de US$ 205 milhões (R$ 413 milhões), de acordo com documentos judiciais.

A Digital Domain trabalhou em mais de 90 grandes produções, entre as quais "Piratas do Caribe: No Fim do Mundo", "O Curioso Caso de Benjamin Button", "Star Trek" e "X-Men: Primeira Classe". A empresa, cuja especialidade é criar personagens humanos realistas usando a computação gráfica, havia anunciado em junho que pretendia produzir imagens de Elvis Presley para uso em diversas plataformas, entre as quais shows ao vivo, programas de TV e internet.

Siga o iG Cultura no Twitter

A Digital Domain, que levantou US$ 42 milhões em uma oferta pública inicial de capital em novembro, anunciou no mês passado que estudaria alternativas estratégicas, e contratou a Wells Fargo Securities como consultoria financeira. A empresa informou estar atrasada nos pagamentos de alguns de seus empréstimos.

"Como resultado de capital de giro negativo, a empresa não cumpriu seus requisitos de liquidez e estava esgotando suas reservas de caixa", disse Michael Katzenstein, vice-presidente de reestruturação, nos documentos da concordata.

A Digital Domain fechou seu escritório em Port St. Lucie, Flórida, na semana passada, e demitiu a maior parte dos funcionários da operação. A empresa continua a operar estúdios na Califórnia e em Vancouver.

O presidente-executivo e do conselho, John Textor, que também é o segundo maior acionista da companhia, renunciou na semana passada, dizendo que "discordava profundamente" da decisão de fechar o estúdio da Flórida.

Em 28 de agosto, Textor detinha cerca de um quarto das ações da Digital Domain, de acordo com dados da Thomson Reuters.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.