Morre Carlo Rambaldi, criador do personagem E.T.

Técnico de efeitos especiais tinha 86 anos e havia trabalhado em filmes como "Alien - O Oitavo Passageiro" e "King Kong"

iG São Paulo | - Atualizada às

O técnico de efeitos especiais italiano Carlo Rambaldi morreu nesta sexta (10), aos 86 anos, em sua casa, em Lamezia Terme, na Itália.

Siga o iG Cultura no Twitter

Vencedor de dois prêmios Oscar pelos efeitos de "Alien - O Oitavo Passageiro" (1979) e "E.T. - O Extraterrestre" (1982), Rimbaldi recebeu em 1977 o Oscar especial por sua contribuição ao cinema. É dele a animação que deu vida ao gorila de "King Kong" (1976), dirigido por John Guillermin.

Ao lado de Steven Spielberg, Rimbaldi trabalhou na produção de "Contatos Imediatos de Terceiro Grau" (1977) e "E.T. - O Extraterrestre", no qual criou seu alienígena mais famoso.

Rambaldi foi o primeiro técnico de efeitos especiais a precisar provar que seu trabalho não foi real. O fato ocorreu em "Una Lucertola con la Pelle di Donna" ("Uma Lagartixa num Corpo de Mulher", em português), de 1971. Nele, a cena em que um cachorro é mutilado foi tão convincente que o diretor do filme, Lucio Fulci, foi processado por maus tratos a animais. Ele teria pego uma pena de dois anos de prisão caso Rimbaldi não revelasse o material utilizado nas filmagens.

Entre outros filmes que fazem parte da carreira do destaca-se "Conan, o Destruidor" (1984), "A Hora do Lobisomem" (1985) e "Duna" (1984).

    Leia tudo sobre: Carlo RambaldiE.T.alienígenasefeitos especiaiscinema

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG