Média-metragem "A Story for the Modlins", de Sergio Oskman, vence como documentário

'A Story for the Modlins', do brasileiro Sergio Oskman
Divulgação
'A Story for the Modlins', do brasileiro Sergio Oskman

O filme norueguês "The Almost Man", de Martin Lund, ganhou neste sábado (07) o principal prêmio da 47ª edição do Festival de Cinema de Karlovy Vary, na República Tcheca, um dos mais tradicionais do continente europeu, enquanto o diretor brasileiro Sergio Oskman levou o prêmio de melhor documentário até 30 minutos, com "A Story for the Modlins"

Com a conquista do Globo de Cristal, o filme dirigido por Oskman, que contou com produção espanhola, receberá um prêmio de US$ 5 mil.

Siga o iG Cultura no Twitter

Já o prêmio principal, nomeado Grand Prix, rendeu US$ 25 mil a Martin Lund, diretor do filme que aborda as peripécias de Henryk, um "trintão" que parece ser incapaz de deixar o universo adolescente para assumir a responsabilidade de ser pai.

O prêmio especial do júri, avaliado em US$ 15 mil, ficou com o italiano "Piazza Fonte: The Italian Conspiracy", do diretor Marco Tullio Giordana.

A estatueta de melhor diretor ficou com o canadense Rafaël Ouellet, de "Camion", enquanto o Globo de Cristal para melhor atroz foi para a iraniana Leila Hatami, do filme "The Last Step", de seu marido e diretor Ali Mosaffa.

O prêmio de melhor ator foi compartilhado pelo norueguês Henrik Rafaelsen, de "The Almost Man", e o polonês Eryk Lubos, protagonista de "To Kill a Beaver".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.