Retrospectiva inclui trabalhos de Jean-Luc Godard, Wim Wenders, David Lynch e Walter Salles, entre outros cineastas

Estadão Conteúdo

Cena do filme
Divulgação
Cena do filme "Sem Destino"

Na primeira exibição em um festival internacional, em Cannes, uma aclamação de mais de cinco minutos de palmas louvou o novo filme de Walter Salles, "Na Estrada" (On the Road) , adaptação do romance cult de Jack Kerouac.

A história dos jovens americanos que, nos anos 1940, rodam as entranhas dos EUA e México para descobrirem o mundo, o sexo, as drogas e a si mesmos, acaba de ganhar releitura, mas o mesmo espírito libertário se assanha no cinema há mais de 50 anos.

Leia também:  "Kerouac mostrava que é preciso viver à flor da pele", diz Salles

Para celebrar o road movie, gênero de cinema naturalista que remete à onda de contracultura americana da década de 60, a Cinemateca promove a mostra "Cinema Com o Pé na Estrada", até dia 24, reunindo títulos de cineastas célebres como Jean-Luc Godard, Wim Wenders e David Lynch, passando pelo próprio Salles - a produção nacional que brinda a esse tipo de narrativa também ganha destaque.

Foi em 1969 que Dennis Hopper e Peter Fonda, montados em suas Harley Davidsons, caíram na estrada ao som de "Born To Be Wild". Nas filmagens de "Sem Destino", também a cargo de Hopper, que assina a direção, os atores se embriagaram e fumaram maconha em cena.

O clássico está na mostra (sexta, às 21h), que também compila longas de jornadas mais urgentes, como a dos jovens amantes Saylor e Lula (Nicholas Cage e Laura Dern), que fogem dos assassinos contratados pela mãe da moça em "Coração Selvagem", de David Lynch (dia 13, às 20h30, e dia 15, às 18h).

Ou, ainda, filmes em que a viagem em si é uma libertação, do casamento frustrado, da opressão e da depressão, como "No Decurso do Tempo" (domingo, às 15h), do alemão Wim Wenders.

Há espaço para títulos menos convencionais, como "Diários de Motocicleta" (hoje, às 18h30), sobre o jovem Che Guevara, o clássico "Bye Bye Brasil", de Cacá Diegues (dia 12, às 21h, e dia 17, às 14h) e o experimental "Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te amo" (sábado, às 21h), de Karim Aïnouz e Marcelo Gomes, entre outros nacionais.

Cinema com o Pé na Estrada - Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207). Tel. (011) 3512-6111. Até 24/6. Programação: www.cinemateca.gov.br . R$ 8

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.