As várias vozes de Homer Simpson, Shrek e outros personagens

Conheça as histórias e compare as dublagens brasileiras de animações e seriados

Guss de Lucca, iG São Paulo |

Quantas vozes têm Homer Simpson? No Brasil, várias. Situação que ocorre com outros personagens famosos que são dublados por mais de uma pessoa.

A dublagem permite que animações, filmes e seriados estrangeiros sejam entendidos pela maioria do público brasileiro. Em alguns casos, há quem diga que a voz do personagem em português supera sua versão original, o que torna sua substituição um assunto delicado.

null

Um exemplo é o humorista Bussunda, do "Casseta & Planeta". Morto em 2006 em decorrência de um ataque cardíaco, o ator deixou aberta a voz do ogro Shrek, pela qual havia sido responsável nas animações "Shrek" (2001) e "Shrek 2" (2004).

O escolhido para substituir o comediante foi o dublador Mauro Ramos, que já havia emprestado sua voz para o javali Pumba, de "O Rei Leão", e o monstro grandão Sully, da animação "Monstros SA".

"Geralmente, quando ocorre esse tipo de mudança, a procura é por uma voz igual, de mesmo timbre. E muitas vezes a substituição de voz não é nem percebida. Mas nesse caso houve repercussão por se tratar de um ator famoso que morreu", explicou Luana Ribas, do Double Sound, estúdio responsável pelas dublagens da série animada.

Porém, existem situações em que problemas trabalhistas acabam resultando na mudança de dubladores, o que pode causar estranhamento no público, acostumado a acompanhar o programa com determinada voz. É o caso enfrentado pelo canal de TV paga Fox, que trocou os dubladores dos protagonistas das séries "24 Horas" e "Os Simpsons".

Em "24 Horas", o dublador Tatá Guarnieri, conhecido também pelas vozes de Adam Savage, em "Mythbusters: Os Caçadores de Mitos", e do personagem Michelangelo, em "As Tartarugas Ninjas", foi o responsável por assumir o protagonista da série, Jack Bauer, papel do ator norte-americano Kiefer Sutherland.

Mas Guarnieri só ficou até a terceira temporada, sendo substituído por Márcio Simões (dublador do Gênio, na animação "Aladdin", e de Samuel L. Jackson, no filme "Pulp Fiction - Tempo de Violência") após abrir um processo contra a Fox. Na ação, o dublador pediu indenização por danos morais e materiais, alegando que seu contrato só previa a exibição do programa na TV a cabo, e não na rede aberta e em DVD.

Outro caso famoso é o do dublador Waldyr Sant'anna, responsável pela voz do personagem Homer Simpson durante 11 temporadas da série animada "Os Simpsons", também exibida pela Fox. Após um intervalo entre a 8ª e a 14ª temporadas, período em que foi substituído por Júlio César, Waldyr retornou ao papel até o 9º episódio do 18º ano.

Nesse período, assim como ocorreu com Tatá Guarnieri, o ator processou a Fox pela não remuneração de seu trabalho nas vendas de DVDs da série. Sua voz, que seria utilizada no longa-metragem do seriado, foi substituída pela do dublador Carlos Alberto Vasconcelos da Silva, que segue dublando Homer Simpson até hoje.

    Leia tudo sobre: dublagemos simpsons24 horasshrek

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG