Amanda Peet volta à TV na série "Bent"

Em entrevista, atriz fala sobre trabalho, casamento e maternidade: "Estou mais gorda, estou mais pelancuda"; leia a seguir

Reuters |

Getty Images/Jason Merritt
A atriz Amanda Peet durante o Writers Guild Awards
Depois de uma breve passagem pela televisão na efêmera série "Studio 60 on the Sunset Strip", a atriz Amanda Peet (de "Meu Vizinho Mafioso" e "Syriana") volta à telinha na série cômica "Bent", que estreia na quarta-feira à noite pela rede norte-americana NBC.

Siga o iG Cultura no Twitter

Aos 40 anos, ela interpreta uma recém-divorciada mãe e advogada bem sucedida, que decide reformar uma casa nova como forma de recomeçar a vida. Seu empreiteiro é um mulherengo desastrado e ex-viciado, por quem ela vai relutantemente se apaixonar, apesar das incompatibilidades.

A atriz, que é casada com o roteirista David Benioff e tem duas filhas, de 5 e 2 anos, conversou com a Reuters sobre carreira, maternidade e casamento.

O que a fez voltar à TV?
Amanda Peet: Gosto da ideia de que ela (sua personagem) é uma mãe solteira tentando manter tudo unido. Acho que a maioria das mães trabalhadoras tem essa sensação arrasadora de estar fracassando, então me identifico com isso. E gosto da ideia de um programa sobre relacionamentos adultos que seja sexy, não só para as piadas - esse tipo de suspense em que você fica: "Eles vão transar ou não?". Adoro que ela despreze o fato de ser atraída (pelo empreiteiro mulherengo).

O programa é realista ou uma fantasia?
Amanda Peet: Não sei ao certo ainda, na verdade. Definitivamente queremos fazer as pessoas rirem. Temos J.B. Smoove e Jeffrey Tambor, então queremos que todo mundo se distraia e ria. Mas tomara que seja mais para o lado realista.

Ainda neste ano, você vai estrelar um novo filme de Terrence Malick com Ben Affleck e Jessica Chastain. Como você aparece na trama.
Amanda Peet: Não sei o que estou autorizada a dizer, mas sou um interesse romântico de Ben. Filmamos em Ohio. Eu estava amamentando na época, então minha lembrança é muitíssimo enevoada. Eu não tinha a quantidade normal de células cerebrais.

Divulgação
David Walton e Amanda Pet em cena da série "Bent"
Você e David (Benioff, roteirist a e produtor-executivo de cinema e TV) vão algum dia trabalhar juntos?
Amanda Peet: Realmente espero que sim! Estou dormindo com ele já faz sete anos! O que eu vou levar em troca? (risos)

Como a mate rnidade mudou você?
Amanda Peet: Estou mais gorda, estou mais pelancuda. E ainda sou uma pessoa ciumenta e ambiciosa (risos). Acho que minha perspectiva das coisas mudou mais por estar com David do que por ter filhos, em termos de trabalho. Eu costumava fazer trabalhos pensando que seria a plataforma de lançamento para algo, mas quando eu conheci David ele me disse: "Pare de fazer isso, faça apenas o que você quer fazer".

A TV é um meio precário. Você ficará frustrada se a série não for prorrogada?
Amanda Peet: Sim, mas já faço isso há muito tempo. Sinto que passo na porta rotatória, sou cuspida no outro lado e volto. Estou acostumada a essa sensação, e acostumada a estar nessa posição. Tenho minha saúde, a saúde das minhas filhas e a saúde do meu marido. Quanto mais velha eu fico, mais eu sinto que tenho (essas três coisas), então estamos indo realmente bem.

    Leia tudo sobre: amanda peettelevisãobent

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG