Alemanha quer posicionamento do FMI para definir ajuda à Grécia

Berlim, 28 abr (EFE).- O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, afirmou em entrevista ao jornal econômico "Handelsblatt" que o país quer oferecer ajuda à Grécia, mas insiste que, para ativar o plano de auxílio europeu, é necessário esperar o projeto de ajuste do FMI.

EFE |

Berlim, 28 abr (EFE).- O ministro das Finanças da Alemanha, Wolfgang Schäuble, afirmou em entrevista ao jornal econômico "Handelsblatt" que o país quer oferecer ajuda à Grécia, mas insiste que, para ativar o plano de auxílio europeu, é necessário esperar o projeto de ajuste do FMI. "Se o pacote do FMI for convincente, e eu não espero outra coisa, podemos adotar na segunda-feira uma resolução no Conselho de Ministros", diz Schäuble. Com isso, teria início o processo para aprovação parlamentar. Schäuble rejeita, além disso, a impressão de que a Alemanha está freando a ativação do plano de ajuda à Grécia. "O Governo alemão não está pisando o freio. Queremos decisões rápidas. Mas nossa meta é um plano de saneamento sustentável para que Grécia possa voltar a se sustentar nos mercados a médio e longo prazo", assinala o ministro. EFE rz/fm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG