Ai Weiwei divulga foto em que aparece nu ao lado de mulheres

Artista está sendo acudsado de pornografia pelo governo chinês

iG São Paulo |

AFP/ Courtesy of Ai Weiwei
Fotografia divulgada por Ai Weiwei
O chinês Ai Weiwei divulgou foto em que aparece nu ao lado de quatro mulheres, em uma imagem de data não especificada.

O artista afirma que está sendo investigado por "pornografia", que diz respeito a antigas fotos nas quais havia posado nu.

"Ontem [quinta-feira, 17] levaram meu assistente a uma delegacia de polícia e perguntaram a ele por que havia feito essas fotos, e disseram claramente a ele que sou alvo de investigação por pornografia", declarou Ai Weiwei por telefone.

"Trata-se de algo novo, de que não ouvi falar até agora. Eles proliferaram acusações durante minha prisão, mas achei que era uma piada", acrescentou.

O pintor, escultor, arquiteto e artista plástico, crítico ferrenho do regime comunista, foi detido neste ano, mantido em local secreto por três meses e acusado de fraude fiscal. Foi condenado a pagar R$ 4,13 milhões pelo suposto crime de evasão de divisas. O artista nega a acusação.

Para ajudar Ai Weiwei a pagar a dívida, muitas pessoas estão fazendo doações a ele. Ai recebeu até o último final de semana doações avaliadas em 8,69 milhões de iuanes (R$ 2,43 milhões). Ele afirmou que a onda de solidariedade, que irritou as autoridades, o fez perceber que não está sozinho no combate.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Estou com o moral elevado graças a todas as doações que chegaram pela internet", completou. O artista depositou 8 milhões de iuanes (R$ 2,24 milhões) de garantia para poder recorrer da multa fiscal de 15 milhões de iuanes (R$ 4,2 milhões) cobrada pelo governo.

    Leia tudo sobre: Ai Weiweiarte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG