Espetáculo traz versões em português de músicas do ABBA e estreia nesta quinta em São Paulo

Cena do espetáculo
Divulgação
Cena do espetáculo "Mamma Mia!"
O grupo musical ABBA é o maior sucesso da história da música sueca. Talvez o único. Eles invadiram o mundo nos anos 70, vendendo muitos milhões de discos e congestionando as rádios com seus sucessos. Apesar de ter encerrado a carreira no início dos anos 80, o grupo continua a render o suficiente para sustentar muitas carreiras.

O espetáculo "Mamma Mia!", com trilha sonora composta exclusivamente de hits do grupo, está em cartaz em Londres há onze anos e na Broadway desde 2001. O filme "Mamma Mia", rodado na Grécia com Meryl Streep e lançado em 2008, não fez feio nas bilheterias.

Agora temos o "Mamma Mia!" brasileiro, estréia desta quinta-feira à noite no Teatro Abril, em São Paulo, com versões em português das canções do ABBA assinadas por Cláudio Botelho. Não precisa fazer cara feia: as versões são ótimas. Você vai sentir vontade de que elas existissem há mais tempo!

Pretexto para o alto astral

A história é simples, mas meio improvável: garota vai se casar e não conhece o pai, já que foi criada apenas pela mãe, Donna, proprietária de uma pousada numa paradisíaca ilha grega, onde vivem.

Lendo o diário da mãe, a noiva descobre três possíveis pais entre os homens que tiveram relacionamento com sua mãe vinte anos atrás.

Em segredo, ela envia os convites do casamento para cada um deles, imaginando que, ao olhar para o verdadeiro pai pela primeira vez, ela logo saiba quem é.

Claro que não é tão simples assim, o que justifica toda a comédia e drama decorrentes dessa situação. Os momentos cômicos são melhores e os mais desejados, já que, no fundo, é tudo apenas um grande pretexto para ouvir as as músicas do ABBA.

E viva o vencedor

A maior responsável pelo humor no "Mamma Mia!" nacional é a atriz Andressa Massei no papel de Rosie, amiga de Donna. Uma comediante deliciosa, ela é um verdadeiro achado. Além de ter uma linda voz, ela é aquele tipo de talento que entra em cena e não vemos mais nada em volta, mesmo se tiver alguém tentando roubar a cena ao seu lado.

A jovem noiva, Sophie, vivida por Pati Amoroso, é carismática e talentosa. Dois dos prováveis pais, Carlos Arruza e Cleto Baccic (que nome, hein?), são perfeitos, mas Saulo Vasconcelos, grande cantor, podia se divertir mais e cuidar para não perder as boas piadas que lhe cabem.

Mas o desempenho mais impressionante, num espetáculo cheio de gente talentosa, é de Kiara Sasso no papel da mãe, que foi interpretado por Meryl Streep no cinema.

Kiara é considerada o maior nome do teatro musical brasileiro e poderia ser acusada de monopólio, já que estrelou “A Noviça Rebelde”, “A Bela e a Fera”, “O Fantasma da Opera”, “O Médico e o Monstro”.

Sua voz é linda, sua figura é interessante e invulgar, e ela é capaz de fazer rir na medida certa. Mas a coisa mais difícil num espetáculo como MAMMA MIA! ela alcança ao interpretar “The Winner Takes it All”, onde emociona a todos sem ser cafona. Quem sai ganhando, alem de Kiara, é o público.

"Mamma Mia!"

De 11 de novembro a 19 de dezembro. Quartas a sextas às 21h. Sábados, às 17h e às 21h. Domingos, às 16h e às 20h
Onde: Teatro Abril (Avenida Brigadeiro Luís Antônio, 411, Bela Vista) (11) 2846-6060
http://www.teatroabril.com.br
Quanto: De R$ 90 a R$ 250
Aceitam pagamento com dinheiro, cartão de débito e crédito (Visa, MasterCard, Diners Club, Credicard, American Express).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.