Ator e rapper são presos nos EUA acusados de roubar câmera de paparazzo

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Suge Knight e Katt Williams teriam roubado o equipamento em 5 de setembro, segundo promotor

Reuters

O magnata do hip-hop Marion "Suge" Knight e o comediante Katt Williams foram presos na quarta-feira (29) sob suspeita de roubarem a câmera de uma fotógrafa de celebridades em Beverly Hills, no mês passado, disse um promotor de Los Angeles.

John Locher/AP
Marion 'Suge' Knight é visto em tribunal após ser preso acusado de roubo (30/10/2014)

Knight, de 49 anos, e Williams, de 43, foram acusados de roubo, segundo o promotor. Eles são acusados de roubar a câmera de uma fotógrafa de celebridades em 5 de setembro, do lado de fora de um estúdio de Beverly Hills.

Siga o iG Cultura no Twitter

Promotores disseram que vão buscar uma fiança de US$ 1 milhão (R$ 2,4 milhões) para Knight, que tem uma condenação anterior por agressão com arma letal, e de US$ 75 mil (R$ 180,2 mil) para Williams, cujo nome verdadeiro é Micah.

AP
Katt Williams na estreia de 'Todo Mundo em Pânico 5', no qual atuou, e Suge Knight em foto tirada na prisão

Williams foi preso em uma corte em Inglewood, Califórnia, após ter se apresentado para enfrentar uma denúncia sobre um outro caso de agressão, segundo o promotor.

Knight, mais conhecido como o cérebro por trás da gravadora Death Row Records, um selo musical famoso nos anos 1990 com artistas como Dr. Dre, Tupac Shakur e Snoop Dogg, foi preso em Las Vegas.

Se condenado, Knight pode enfrentar até 30 anos de prisão por causa da condenação anterior. O agente de Williams não estava imediatamente disponível para comentários. A reportagem não conseguiu contato com Knight.

Leia tudo sobre: marion knightkatt williamseua

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas