EUA devolvem ao Peru obras de arte roubadas de igreja

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Imagens de São Vicente Ferrér e Santo Antônio Abade foram estimadas em cerca de US$ 10 mil cada uma

Reuters

Divulgação
Fachada do Museu de San Antonio

Autoridades dos Estados Unidos devolveram ao governo do Peru duas pinturas da era colonial roubadas, em uma cerimônia de repatriamento no Museu de Arte de San Antonio, na quarta-feira.

As pinturas do século 18 foram furtadas do altar de uma igreja peruana em 2001 e vendidas anos depois por uma casa de leilão do Estado do Texas a um colecionador particular. As imagens de São Vicente Ferrér e Santo Antônio Abade foram estimadas em cerca de US$ 10 mil cada uma.

“Os tesouros culturais devolvidos hoje não têm lugar nas mãos de um colecionador particular”, disse a agente especial a cargo das Investigações de Segurança Nacional em San Antonio, Janice Ayala. “Eles pertencem aos peruanos, que valorizam sua herança cultural.”

Harold Forsyth, embaixador do Peru nos EUA, afirmou que a recuperação das obras de arte foi um “triunfo moral” para seu país.

Ayala disse que o homem que comprou as pinturas não será indiciado, mas que perdeu o dinheiro que pagou por elas. A agência recebeu uma denúncia sobre as obras roubadas em 2009 e levou vários anos para conseguir devolvê-las ao governo peruano.

De acordo com leis federais, o setor de Investigações da Segurança Nacional tem autoridade para apreender obras de arte levadas ilegalmente aos EUA, especialmente aquelas que foram declaradas roubadas ou perdidas.

Leia tudo sobre: museuarte

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas