Artista francês viverá 15 dias dentro de pele de urso para performance

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Abraham Poincheval irá comer, beber, dormir e fazer suas necessidades dentro da carcaça

BBC

Um artista francês está criando uma obra artística performática que fará com que ele passe 13 dias vivendo dentro de um urso morto. O animal está conservado, mas desprovido de seus órgãos internos.

Abraham Poincheval apresentou a performance Dans La Peau de l'Ours(Dentro da Pele do Urso), no ano passado, no Centro de Arte Contemporânea de Digne (Cairn, na sigla em francês).

AFP
Artista francês viverá 15 dias dentro de pele de urso para performance

Ele agora está repetindo o espetáculo no Museu da Caça e da Vida Selvagem, de Paris, e lá permanecerá até o dia 13 de abril. Anteriormente, em outubro de 2012, Poincheval passou uma semana em um buraco situado debaixo de uma livraria em Marselha, no sul da França.

'Situações extremas'

Segundo o Museu da Caça e da Natureza, Poincheval é um artista que está familiarizado com "situações extremas". Como parte da performance, ele irá comer, beber, dormir e fazer suas necessidades dentro de uma câmara armazenada dentro de uma carcaça de urso, enquanto é filmado por duas câmeras.

Siga o iG Cultura no Twitter

De acordo com informações lançadas no ano passado, Poincheval se inspirou em carcaças de animais que ele encontrou quando realizava outra obra nos Alpes Franceses.

"Para mim, esse ato significa um renascimento, um rito de passagem, da transição do mundo dos mortos para o mundo dos vivos", afirmou o artista.

Nascido em Alencon, na região francesa da Normandia, em 1972, Poincheval atualmente vive e trabalha em Marselha.

Leia tudo sobre: arteursofrança

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas