Fotógrafo retrata universo dos garotos de programa em Los Angeles

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Nova-iorquino Philip-Lorca diCorcia ganha primeira retrospectiva no Reino Unido

BBC

O fotógrafo de arte Philip-Lorca diCorcia, conhecido por imagens estilizadas em que nunca se está certo do que é ficção e do que é realidade, abriu sua primeira retrospectiva na Grã-Bretanha. A exposição reúne 120 fotos dos 40 anos de sua carreira.

DiCorcia, que vive em Nova York, ficou famoso com a série de fotos Hustlers, na qual ele fotografou prostitutos de Los Angeles, pagando a eles pelas poses o preço que estes cobrariam por programas.

Veja fotos da série "Hutlers" e outros trabalhos de DiCorcia:

Philip-Lorca diCorcia abriu sua primeira retrospectiva na Grã-Bretanha, em uma galeria da cidade de Yorkshire (Foto: Bob Collier). Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerA foto 'Chris, 28 anos, Los Angeles, Califórnia, US$ 30, 1990-1992'. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerAcima, a foto 'Roy, em seus vinte anos, Los Angeles, Califórnia, R$ 30, 1990-92'. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David Zwirner'Ralph Smith, 21 anos, Ft. Lauderdale, Flórida, 25, 1990-92'. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerCom o título de 'Hartford', esta foto foi feita na cidade natal de diCorcia, em Connecticut, em 1979. O nome do homem é Robin e este é seu apartamento. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerComo na foto anterior, nesta, chamada 'Cidade de Nova York (Bruce e Ronnie, 1982)' é de uma série chamada 'A Storybook Life'. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerBruno, o filho de diCorcia, foi fotografado em 1999, a imagem foi batizada de 'DeBruce', devido ao nome do lugar onde foi feita, em Nova York. A imagem também faz parte da série 'A Storybook-Life'. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerAlgumas cenas desta série são totalmente construídas, outras, como a foto acima, 'Tóquio (1988)' levaram o fotógrafo a montar o equipamento cuidadosamente em um local público e esperar pelo momento certo. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerUma série de fotos de dançarinas, feita em 2004, foi inspirada nos ataques de 11 de Setembro. Elas parecem cair, como as pessoas que caíam dos prédios do WTC. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David ZwirnerAcima, a foto 'Lynn e Shirley, 2008'. Foto: Cortesia do artista, Spruth Magers e David Zwirner

Esta série rendeu a DiCorcia sua primeira grande exposição no Museu de Arte Moderna de Nova York em 1993.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Fui até esta rua onde eles, basicamente, se vendem. Eu estacionava e perguntava se podia fazer a foto deles pelo mesmo valor do mais baixo denominador comum de sexo e a maioria deles disse sim. Acho que nenhum deles acreditou no que eu falava", disse o fotógrafo.

Outra série de fotos de dançarinas, feita em 2004, foi inspirada nos ataques de 11 de setembro de 2001 contra Nova York

Leia tudo sobre: philip lorca dicorciaexposiçãofotografia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas