Austríacos fugiram da Alemanha nazista e fizeram carreira musical; ela tinha 99 anos

Reuters

Maria von Trapp, membro da família austríaca que fugiu da Alemanha nazista e cuja subsequente carreira musical inspirou o filme "A Noviça Rebelde", morreu aos 99 anos, segundo jornais citando seu irmão.

Maria von Trapp morreu na quinta-feira (20), mas a notícia só foi confirmada na noite de sábado (22) pelo seu meio-irmão Johannes von Trapp, segundo o jornal "New York Daily News". Ela morreu de causas naturais em sua casa em Vermont, disse o diário.

Maria von Trapp, em foto de 2008
Reuters
Maria von Trapp, em foto de 2008

Ninguém estava imediatamente disponível para comentar na Trapp Family Lodge em Stowe, Vermont, ou na casa original da família, Villa Trapp, na Áustria.

Maria von Trapp era um dos sete filhos do Capitão Naval austríaco Georg von Trapp e sua esposa Agathe Whitehead von Trap.

Siga o iG Cultura no Twitter

Seu pai se casou novamente após a morte de sua esposa, e teve mais três filhos com a segunda mulher, Maria Augusta von Trapp, que ensinou as crianças música e escreveu um livro que se tornou a inspiração para produções teatral e ao filme que tornou a história um clássico.

A família von Trapp deixou a Áustria em 1938 e realizou diversas performances musicais na Europa e Estados Unidos antes de firmar residência em Vermont.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.