Bienal de São Paulo 2014 terá o título "Como Falar de Coisas que Não Existem"

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Mostra será realizada a partir de 6 de setembro; curadoria é comandada pelo britânico Charles Esche

Divulgação
Cartaz da 31ª edição da Bienal de São Paulo, que acontece em 2014

A 31ª edição da Bienal de São Paulo terá como nome "Como Falar de Coisas que Não Existem". A mostra será realizada a partir de 6 de setembro no pavilhão do parque Ibirapuera.

A curadoria da exposição é comandada pelo britânico Charles Esche. Na equipe estão ainda Galit Eilat, Nuria Enguita Mayo, Pablo Lafuente e Oren Sagiv.

Siga o iG Cultura no Twitter

Segundo texto divulgado pelos organizadores, o título procura representar "a potência da arte no centro do projeto". Para evidenciar o caráter mutantte do questionamento da mostra, o verbo "falar" será trocado regularmente por expressões como "viver com”, “usar”, “lutar contra” e “aprender”.

O cartaz que sintetiza a identidade visual da mostra foi criado pelo artista indiano Prabhakar Pachpute e tem "uma torre movida à força humana como motivo central". Segundo os organizadores, o desenho "respondeu às ideias da curadoria por meio de uma frágil estrutura no formato de uma torre de Babel carregada por um impossível conjunto de corpos humanos. O movimento deste organismo destaca a necessidade de nos juntarmos para andar em uma mesma, ainda que incerta, direção".

Leia tudo sobre: bienal de são pauloarte

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas