Gravação, publicada no site TMZ, revela que o ator já foi encontrado sem vida pela equipe de resgate; fãs marcam um rali em tributo ao astro

Uma gravação com as informações relatadas pelos primeiros bombeiros a chegarem ao local do acidente do ator Paul Walker, morto no último sábado (29) , foi divulgado pelo site TMZ. Segundo o áudio, o astro e seu amigo Roger Rodas, que dirigia o veículo, já foram encontrados sem vida.

Os primeiros bombeiros chegaram ao local em menos de três minutos após ligação feita para o resgate. Na gravação, eles já reportam informações sobre as vítimas do acidente: "duas fatalidades" e "DOA" (morto na chegada [da equipe de resgate]).

A equipe de resgate ainda passou para a central o "código N". A sigla significa que o acidente é digno de nota e, portanto, deve ser tratado com mais cuidado. Segundo o TMZ, os bombeiros conseguiram essa informação por meio de amigos de Walker que estavam próximos ao local.

Escute o áudio publicado pelo TMZ:

Depois de transformarem o local do acidente de Paul Walker em um memorial, fãs planejam realizar um rali em tributo ao ator. As corridas estão marcadas para começar ao meio dia deste domingo (8), em uma rua próxima ao local do acidente.

A polícia já anunciou que estará alerta para impedir que motoristas imprudentes participem do evento, que tem mais de 20 mil pessoas confirmadas.

Saiba mais:
Paul Walker, ator da série de filmes "Velozes e Furiosos", morre aos 40 anos
Produtores de "Velozes e Furiosos" divulgam vídeo em homenagem a Paul Walker
De acordo com a autópsia, Paul Walker morreu por causa das queimaduras e lesões

Atualmente, Walker estava trabalhando no sétimo filme da franquia "Velozes e Furiosos". O ator também participou dos filmes "Perseguição - A Estrada da Morte", "No Rastro da Bala" e "Resgate Abaixo de Zero". Walker deixa a filha Meadow Rain, de 15 anos. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.