Mostra apresenta o legado do mexicano Gabriel Figueroa, que colaborou com nomes como Diego Rivera, José Clemente Orozco, John Ford e Luis Buñuel

BBC

O Museu de Arte do Condado de Los Angeles (LACMA, na sigla em inglês) abriga a exposição "Sob o Céu Mexicano: Gabriel Figueroa - Arte e Cinema".

A mostra celebra o legado do mexicano Gabriel Figueroa (1907-1997), considerado um dos diretores de fotografia mais importantes do século 20. Durante sua carreira, que inclui Hollywood, ele colaborou com diretores, pintores e fotógrafos de destaque, como Diego Rivera, José Clemente Orozco, John Ford e Luis Buñuel.

"Sob o Céu Mexicano" traz cerca de 300 itens, entre sequências de filmes, pinturas, fotografias, rascunhos, cartazes e documentos de arquivo. Segundo Rita Gonzalez, curadora do LACMA, "o trabalho cinematográfico de Gabriel Figueroa contribuiu para a construção da identidade visual do México e representa uma parte fundamental da história do cinema e da arte".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.