Quadrinista gaúcho tinha 77 anos e ficou conhecido por dar uma aparência brasileira ao personagem da Disney

O personagem Zé Carioca 'abrasileirado'
Divulgação
O personagem Zé Carioca 'abrasileirado'

O ilustrador e quadrinista gaúcho Renato Canini morreu na noite desta quarta-feira (30), aos 77 anos. A notícia foi divulgada pelo jornal "Diário Popular", de Pelotas (RS), cidade onde morava. O artista estava em casa e teve um mal súbito.

Canini ficou conhecido principalmente por 'abrasileirar' o personagem Zé Carioca, criado nos Estados Unidos por Walt Disney, quando optou por trocar o paletó do personagem por uma camiseta.

O desenhista colaborou para diversas publicações como a revista gaúcha "Cacique", além do "Pasquim" e "Jornal do Brasil". Atuou também como ilustrador de histórias infantis escritas por Érico Veríssimo. 

Em 2003, Canini ganhou o troféu HQ Mix e recebeu o título de "Grande Mestre" do quadrinho nacional. O desenhista vivia com a mulher, a também ilustradora Maria de Lourdes.

O sepultamento será às 16h de quinta-feira (31), no Cemitério São Francisco de Paula, em Pelotas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.