Leilões com obras de Bacon e Warhol testam saúde do mercado global

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Aumento no número global de bilionários deve manter aquecidas as compras e vendas de arte

Reuters

Um tríptico do pintor britânico Francis Bacon e obras do artista pop Andy Warhol serão levadas a leilão no mês que vem em Nova York, num teste para a saúde do mercado global da arte.

Divulgação
O artista Andy Warhol, grande nome da pop art

A casa de leilões Christie's suspeita que "Três Estudos de Lucian Freud" (1969), de Bacon, pode bater em 12 de novembro o recorde atual do artista, de US$ 86 milhões (R$ 187,3 milhões).

No dia seguinte, a Sotheby's põe à venda "Silver Car Crash (Double Disaster)" (1963), de Warhol, com estimativa de arrecadar até US$ 80 milhões (R$ 174,2 milhões).

Siga o iG Cultura no Twitter

As duas obras servirão como barômetro de um mercado que desafia o desânimo que se abate sobre a economia mundial desde o colapso financeiro de 2008.

Anders Peterson, diretor-geral da ArtTactic, empresa de análises do mercado global da arte, disse à Reuters que não seria surpreendente que essas obras cumpram as estimativas, pois há atualmente sinais de melhora no cenário econômico e um aumento no número global de bilionários.

"Não parece haver nuvens dramáticas no horizonte", disse Petterson. "Basta que eu olhe para a lista de 2013 da Forbes, onde a gente tem mais de 1.400 bilionários."

Leia tudo sobre: arteleilãoandy warholfrancis bacon

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas