Exposição destaca xilogravuras com detalhes explícitos dos séculos 16 a 18; veja imagens

BBC

O British Museum abre nesta semana uma mostra dedicada à arte erótica japonesa, conhecida por mostrar detalhes explícitos de relações sexuais.

"Shunga", como é conhecida a arte erótica no Japão, proporciona uma perspectiva sobre o sexo muito diferente da mostrada pela arte europeia da mesma época.

A maioria das imagens vem de xilogravuras produzidas em Tóquio nos séculos 16, 17 e 18, e mostram uma variedade de posições sexuais, muitas vezes com detalhes explícitos.

Siga o iG Cultura no Twitter

O termo "Shunga" significa literalmente "fotos da primavera", um eufemismo à arte erótica que surgiu em um momento em que a população da cidade estava crescendo muito rapidamente e o contato com o Ocidente não era permitido.

Devido a sua natureza explícita, a exposição no British Museum só pode ser vista por pessoas maiores de 16 anos.

A exposição Shunga - Sex and Pleasure in Japanese Art fica em cartaz no British Museum de 3 outubro a 5 de janeiro de 2014.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.