Artista mais cara do Brasil, Beatriz Milhazes abre exposição de mais de 60 obras

Por iG São Paulo |

Texto

Mostra "Meu Bem" desenha um panorama da produção da artista e começa nesta quinta (29) no Paço Imperial, no Rio

Mais cara artista brasileira viva, a carioca Beatriz Milhazes expõe mais de 60 obras no Rio de Janeiro. "Meu Bem", que será inaugurada nesta quinta-feira (29) no Paço Imperial, é a maior mostra dedicada à artista até agora no País e exibe pinturas, colagens e gravuras, assim como um móbile concebido especialmente para o espaço.

Obras da exposição 'Meu Bem', da artistas  Beatriz Milhazes. Foto: Beatriz Milhazes/DivulgaçãoObras da exposição 'Meu Bem', da artistas  Beatriz Milhazes. Foto: Beatriz Milhazes/DivulgaçãoObras da exposição 'Meu Bem', da artistas  Beatriz Milhazes. Foto: Beatriz Milhazes/Divulgação

Sem expor no Rio de Janeiro há 11 anos, Beatriz Milhazes volta para a terra natal com uma reunião de trabalhos que funciona como um panorama de sua produção. "Meu Bem" reúne as obras mais marcantes da artista desde o final dos anos 1980 até a atualidade, revelando os desdobramentos da carreira da carioca.

Entre as primeiras obras da exposição estão, lado a lado, os quadros "Me Perdoa, Te Perdôo", de 1989, e "Lavanda", de 2012/2013. A mostra abre destaque para as obras dos anos 2000, quando Milhazes começou a trabalhar com colagem, produção gráfica e outras técnicas. 

Siga o iG Cultura no Twitter

São diversos os traços e influências presentes nas obras de Milhazes. Desde a relação com a arte popular brasileira, como o artesanato, até o trabalho com formas geométricas e uso de cores. A artista também trabalha com elementos figurativos como flores, mandalas, rendas, pérolas e bordados.

Ainda neste ano, em novembro, a galeria Fortes Vilaça, que representa a artista, exibe seus trabalhos mais recentes. Para 2014, Beatriz Milhazes está envolvida em três projetos principais: uma mostra itinerante por museus norte-americanos; um catálogo de sua obra pela Taschen e um documentário sobre a carreira, dirigido por José Henrique Fonseca ("Heleno").

"Meu Bem" fica no Paço Imperial até o dia 27 de outubro e depois segue para o Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba, para temporada de 21 de novembro a 23 de fevereiro de 2014.

Exposição "Meu Bem" no Rio de Janeiro
Centro Cultural Paço Imperial (Praça Quinze de Novembro, 48)
de 29 de agosto a 27 de outubro
de terça a domingo, de 12h às 18h
entrada gratuita
mais informações: (21) 2215 2622

Exposição "Meu Bem" em Curitiba
Museu Oscar Niemeyer (r. Marechal Hermes, 999)
de 21 de novembro de 2013 a 23 de fevereiro de 2014
de terça a domingo, de 10h às 18h
ingressos: R$ 6,00 (há meia-entrada)
mais informações: (41) 3350 4400

Leia tudo sobre: beatriz milhazesexposição
Texto

notícias relacionadas