Famosa por desastrosa tentativa de recuperar pintura do século 19, Cecilia Giménez pinta para marca de vinhos

A artista espanhola Cecilia Giménez, conhecida pela desastrosa restauração de uma pintura do século 19 , reapareceu nesta terça-feira (24): fez uma nova versão de "Ecce Homo", que estará no rótulo de uma marca de vinhos.

Leia também: Restauradora estuda cobrar direitos autorais pela sua obra

Cecilia Giménez (direita) e seu novo 'Ecce Homo'
Divulgação
Cecilia Giménez (direita) e seu novo 'Ecce Homo'

Giménez ficou famosa no ano passado, quando tentou restaurar a obra de Elías García Martínez que estava no santuário de Borja, na Espanha. O trabalho leva o nome tradicionalmente dado às pinturas de Jesus com a coroa de espinhos, antes da crucifixação: "Ecce Homo".

O restauro feito pela espanhola ganhou o apelido de "Ecce Mono" (em espanhol, "mono" significa "macaco"). Paródias do trabalho da artista foram divulgadas na internet e se tornaram febre.

A espanhola e sua nova obra
Reprodução/El Heraldo
A espanhola e sua nova obra

Siga o iG Cultura no Twitter

O novo retrato foi encomendado pela marca Bodegas Ruperte, da região de Borja, para uma edição especial de 20 mil garrafas - que poderá chegar a 100 mil, dependendo da demanda.

A octagenária artista disse ter ficado muito feliz com a oportunidade de mostrar que sabe pintar, após ter passado "muito mal" e ficado doente por causa da repercussão do restauro.

"Me disseram que eu era muito velha, que não tinha idade para fazer isso. Mas com este novo quadro demonstrei que Cecilia sabe fazer algo bem", disse.

Veja a restauração de "Ecce Homo" e suas paródias:


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.