Grafiteiros ganham fama e viram atração turística nas ruas de Londres

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Mesmo que proibido na Inglaterra, só podendo ser pintado se houver consentimento do dono do muro ou casa, o grafite já toma conta de grandes murais

BBC

Nos últimos anos, um outro tipo de atração em Londres tem se destacado juntamente com os grandes museus, galerias de arte e prédios históricos famosos, como ponto de visitação obrigatório dos milhares de turistas que visitam a capital britânica.

Mural do grafiteiro David Walker. Foto: DivulgaçãoWalker foi convidado a pintar um ovo de páscoa gigante para o evento "The Big Egg Hunt", em que os londrinos tinham 40 dias para encontrar os ovos pintados por celebridades espalhados pela capital britânica. Foto: DivulgaçãoO polêmico grafite de Ben Slow, com dois homens gritando - um nacionalista britânico e um radical islâmico - foi apagado em outubro do ano passado. Foto: Divulgação'O porco selvagem', do artista belga residente na capital britânica que usa o pseudônimo de ROA. Foto: DivulgaçãoEste mural em Dulwich, no sudeste de Londres, que tem autor desconhecido. Foto: DivulgaçãoGrafite do artista francês Christian Guemy, conhecido pelo seu pseudônimo C125. Foto: DivulgaçãoRetrato estilizado do campeão olímpico Usain Bolt criado por Jimmy C, também conhecido como Cochran. Foto: DivulgaçãoTrabalho dos artistas de pseudônimos Remi Rough e System, batizado de 'Garota na janela, a partir de Rembrandt'. Foto: Divulgação'O Triunfo de Davi' foi criado em referência ao pintor francês do século 17, Nicolas Poussin, pelo grafiteiro RUN. Foto: DivulgaçãoPablo Delgado está desenvolvendo nova técnica do grafite em miniatura. Foto: DivulgaçãoSegurando uma faca de cozinha, Alfred Hitchcock, o mestre do suspense, fica ao lado de uma garrafa de ketchup: alegorias ao filme 'Psicose'. Foto: DivulgaçãoO artista irlandês Connor Harrington é conhecido por sua habilidade com trabalhos de grande porte. Foto: DivulgaçãoTrabalho não figurativo, em Londres. Foto: DivulgaçãoErtistas cobriram com sua arte várias casas, paredes, muros e cercas do sul de Londres. Foto: DivulgaçãoMural, que tem a figura de um capitalista, faria alusão a uma caricatura do presidente da Rússia Vladimir Putin. Foto: Divulgação

Nas áreas próximas a Brick Lane, uma conhecida rua do leste de Londres, o grafite que toma conta de grandes murais já atrai pessoas interessadas neste tipo de arte urbana.

Alguns artistas como David Walker e Ben Slow hoje já são reconhecidos internacionalmente e têm seus trabalhos vendidos em versões impressas em suas próprias lojas.

Siga o iG Cultura no Twitter

No Festival de Arte Urbana, os artistas também têm a oportunidade de mostrar seu talento ao grande público em áreas como o bairro de Dulwich no sudeste de Londres.

Apesar de ter um apelo positivo, o grafite é proibido na Inglaterra e só pode ser pintado se houver consentimento do dono do muro ou casa onde o trabalho é realizado.

Leia tudo sobre: grafitearte urbanalondres

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas