Roberta Medina e o Rock in Rio: "Queremos criar maior marca de música do mundo"

Por Susan Souza , iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Musical que conta a história do evento com estética jovem estreia em São Paulo; atores Lucinha Lins e Guilherme Leme estão no elenco dirigido por João Fonseca

A ideia de atrair os jovens à marca Rock in Rio é nítida quando se observa a concepção estética do musical, que leva o nome do festival de música criado na capital fluminense em 1985. Ainda que as edições do festival não tenham mantido uma frequência rígida desde a sua criação, o "Rock in Rio - o Musical", novo braço da organização, mostra mais uma face do empreendimento milionário geminado pelo empresário Roberto Medina há 28 anos. Para o espetáculo, que agora chega a São Paulo, foram investidos R$ 12 milhões.

Saiba tudo sobre o Rock in Rio

"Queremos criar a maior marca de música do mundo", ambiciona Roberta Medina, filha do empresário e herdeira da marca. Depois de uma temporada no Rio de Janeiro, o musical fica em temporada no Teatro Alfa, em São Paulo, a partir desta sexta-feira (7).

Siga o iG Cultura no Twitter

Cena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: DivulgaçãoCena de 'Rock in Rio - O Musical'. Foto: Divulgação

Além do Brasil, o festival já esteve em países como Portugal (2004, 2006, 2008, 2010 e 2012) e Espanha (2008, 2010 e 2012). "Se a música não tem fronteira, por que ficaríamos em um só país?", questiona Roberta sobre a mobilidade do festival. "Las Vegas, Berlim, Istambul. São muitas possibilidades."

Leia mais: Rock in Rio tem todos os ingressos esgotados em quatro horas

Sobre o musical em terras paulistanas, Roberta diz: "São Paulo é o público que mais vibra com o evento, é o grande mercado. Chegar até aqui com o musical é uma forma de agradecer e ficar perto".

Enredo

O musical mostra o conflito vivido por duas famílias que, cada uma a seu modo, relaciona-se fortemente com a música. De um lado, a família de Gloria, interpretada por Lucinha Lins. Ela perdeu o marido durante a ditadura e, há 15 anos, seu filho Alef (Hugo Bonemer) desaprendeu a falar. O garoto só se comunica pela música. Do outro lado está a família de Orlando (Guilherme Leme), inspirado em Roberto Medina, idealizador do festival. "A peça é histórica porque conta a história do Rock in Rio, mas não é biográfica", afirma o ator.

Divulgação
Cena de 'Rock in Rio - O Musical'

Para costurar os dois atos da peça, músicas de várias bandas que passaram pelo evento são cantadas pelos atores principais e coro. Medleys de canções de todas as tribos incluem de Red Hot Chili Peppers a Carlinhos Brown, passando ainda por artistas como Erasmo Carlos, George Michael, Daniela Mercury, Faith No More, Cazuza e Katy Perry. No Brasil, a edição de 2013 será a quinta a ser realizada no País e o roteiro do musical procurou mesclar músicas de artistas que passaram pelas quatro edições realizadas por aqui (1985, 1991, 2001 e 2011).

Muito do repertório é focado em grupos nacionais, explicado pela facilidade para lidar com questões de direitos autorais e pela não necessidade de fazer versões em português. "A música 'Viva La Vida', do Coldplay, por exemplo, (não pode ser usada porque) o grupo não autorizou a versão", contou o autor Rodrigo Nogueira, responsável pela dramaturgia do musical. "Sting, Elton John e Oasis autorizaram as músicas."

Linguagem

A estética do musical é jovem, há muitas roupas coloridas e glitter no figurino elaborado por Thanara Schönardie. Uma opção que o diretor João Fonseca fez foi não marcar todas as falas com entonações cantadas, como caracteriza-se a maioria dos musicais. "Nesse musical, quando a personagem canta, ela faz isso porque quer, ela sabe que está cantando para os outros", explica a atriz Yasmin Gomlevsky, que interpreta Sofia, filha de Orlando.

"Rock in Rio - O Musical"
De 7 de junho a 4 de agosto
Teatro Alfa (r. Bento Branco de Andrade Filho, 722, Santo Amaro, São Paulo)
Quintas às 21h, sextas às 21h30, sábados às 16h e às 20h e domingo às 15h e 19h
Ingressos: quintas e sextas: R$ 140 (vip), R$ 120 (plateia), R$ 70 (balcão 1) e R$ 40 (balcão 2); sábados e domigos: R$ 180 (vip), R$ 160 (plateia), R$ 110 (balcão 1) e R$ 60 (balcão 2)

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas