Morre escritora e jornalista Scarlet Moon, ex-mulher de Lulu Santos

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

A atriz, que lutava contra uma doença degenerativa, teria sofrido uma parada cardiorrespiratória; ela tinha 62 anos

A escritora, jornalista, apresentadora e atriz Scarlet Moon de Chevalier morreu na madrugada desta quarta-feira (5) em sua casa no Rio de Janeiro. Ela tinha 62 anos e há três sofria com a síndrome de Shy-Drager, doença degenarativa que causou uma parada cardiorrespiratória. 

O velório de Scarlet Moon acontece nesta quarta (5) no cemitério São João Batista, no Botafogo. Foto: Henrique Oliveira/Photo Rio NewsO músico Roberto Frejat . Foto: André Muzell/AgNewsA atriz Marília Pêra compareceu ao velório . Foto: Henrique Oliveira/Photo Rio NewsMarília Pêra com familiares de Scarlet Moon. Foto: Henrique Oliveira/Photo Rio NewsO ator Ney Latorraca também compareceu à cerimônia. Foto: Henrique Oliveira/Photo Rio NewsNey Latorraca com os familiares de Scarlet Moon. Foto: Henrique Oliveira/Photo Rio NewsO ator Luiz Salém também foi ao velório. Foto: Henrique Oliveira/Photo Rio News

Scarlet foi casada com o cantor Lulu Santos - o relaciomento acabou em 2006, depois de 28 anos juntos. Ela deixa três filhos, Gabriela, Christovam e Theodora, todos de relacionamentos anteriores.

No Twitter, Lulu Santos homenageou Scarlet. Ele postou trecho da música "Tão Bem": "Ela me encontrou, eu estava por aí num estado emocional tão ruim, me sentindo muito mal, sozinho, perdido, andando de bar em bar... Procurando não achar. Ela demonstrou tanto prazer de estar em minha companhia, que eu experimentei uma sensação que até então não conhecia".

Reprodução
A jornalista e escritora Scarlet Moon

Siga o iG Cultura no Twitter

Como apresentadora, Scarlet passou por várias emissoras e programas de sucesso. Na década de 1970, esteve à frente do "Fantástico" e do "Jornal Hoje", ambos da TV Globo. Como atriz, participou, ao lado de Lulu Santos, do filme "O Cinema Falado", dirigido por Caetano Veloso em 1986. No teatro, encenou “Lúcia McCartney”, adaptação teatral de novela de Rubem Fonseca, e foi dirigida por Miguel Falabella

Os anos 1990 marcaram sua carreira de escritora, principalmente o livro "Dr Roni e Mr Quito: A Vida do Amado e Temido Boêmio de Ipanema", biografia sobre seu irmão Roniquito. Na mesma década, em 1996, que Scarlet passou a assinar a coluna “Abalo”, no caderno Zona Sul do jornal "O Globo".

Leia tudo sobre: scarlet moonlulu santosmorte

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas