Teatro Municipal terá cinco óperas no primeiro ano de Neschling

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Em reunião fechada com artistas, maestro ressalta que não fará demissões ou reavaliações

Agência Estado

Getty Images
O Teatro Municipal de São Paulo

O Teatro Municipal de São Paulo terá cinco óperas ao longo deste ano, o primeiro sob direção artística do maestro John Neschling. A programação, no entanto, ficou para o segundo semestre - para o primeiro serão agendados apenas concertos sinfônicos.

Leia também: Teatro Municipal de São Paulo tem novo diretor administrativo

O anúncio foi feito pelo próprio maestro durante reunião fechada com os músicos e demais artistas do Municipal, realizada na tarde de quarta-feira (30).

Na conversa, Neschling ressaltou ainda que não pretende fazer demissões ou reavaliações, como aconteceu nos anos 90, quando assumiu a Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp). Também presente à reunião, o diretor administrativo José Luis Herencia disse que vai trabalhar nos próximos seis meses pela conclusão da obras da Praça das Artes e pela instituição da Fundação Teatro Municipal.

Entre os títulos escolhidos está "O Ouro do Reno", de Richard Wagner, que dá continuidade ao projeto de produção da tetralogia "O Anel do Nibelungo", iniciada na gestão passada.

Além disso, devem subir ao palco "Jupyra", "Don Giovanni", "Aida" e "La Bohème". "Ça Ira", ópera de Roger Waters, deve ganhar montagem fora da temporada oficial, em maio.

As informações são do jornal O Estado de S.Paulo

Leia tudo sobre: teatro municipaligsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas