Museu da Língua Portuguesa estende horário às terças-feiras

Por Agência Estado |

compartilhe

Tamanho do texto

Para atrair turistas e ampliar acesso, exposições podem ser visitadas entre 10h e 22h

Agência Estado

Agência Estado

O Museu da Língua Portuguesa, na Luz, centro de São Paulo, está ficando aberto até mais tarde toda terça-feira. As exposições podem ser visitadas entre 10h e 22h.

Nos outros dias da semana, entre quarta-feira e domingo, o equipamento cultural funciona no horário normal - das 10h às 18h. Aos sábados, a visitação é gratuita. O museu não abre às segundas-feiras.

Julien Pereira/Fotoarena
O Museu da Língua Portuguesa, localizado na Estação da Luz

A expansão do horário tem o objetivo de atrair turistas ao local e faz parte de uma política de acessibilidade, segundo a Secretaria de Estado da Cultura. Desde 2007, o horário de visitação era expandido toda última terça-feira de cada mês. Desde o dia 8, porém, o equipamento cultural passou a fechar às 22h toda terça-feira.

Siga o iG Cultura no Twitter

Inaugurado em 20 de março de 2006 e aberto à visitação no dia seguinte, o Museu da Língua Portuguesa recebeu a visita de 2.927.131 pessoas até dia 28 de dezembro, de acordo com a Secretaria de Cultura. A maior parte dos visitantes - cerca de 52% - é formada por estudantes, principalmente da rede pública.

Além das exposições permanentes, quem for ao Museu da Língua até 24 de fevereiro encontrará a mostra Esta Sala é Uma Piada, que reúne obras do Salão Internacional de Humor de Piracicaba expostas na edição de 2012.

A exposição apresenta ao público charges, cartuns, tiras e caricaturas, além dos microcontos de humor. Com o tema "Intolerância", a exposição "celebra a diversidade de nossa população, tendo como ponto de partida a cidade de São Paulo, que agrega uma rica diversidade de povos e culturas e, com isso, maneiras diferentes de pensar, encarar o mundo e se portar diante das diferenças".

As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo"

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas