"Natal ficou mais triste com a sua morte", diz Dilma sobre Dona Canô

Presidenta lamentou a morte da mãe de Caetano Veloso e Maria Bethânia. O governador da Bahia decretou luto oficial de três dias

Agência Estado |

Agência Estado

A presidente Dilma Rousseff emitiu nota de pesar pelo falecimento de Dona Canô, lembrando que "o Natal ficou mais triste com a sua morte" e que ela era uma mulher "forte e sábia", que "deixa muitas saudades".

Leia também:  Dona Canô morre aos 105 anos

Em sua mensagem, a presidenta cita que Dona Canô foi "uma mulher rica de coragem, principalmente a coragem de ser feliz, como ela mesma gostava de dizer", acrescentando que ela "construiu uma família em torno do amor pela cultura, pela Bahia e pelo Brasil, expresso no talento de seus filhos, entre eles Caetano Veloso e Maria Bethânia". E completou: "sua alegria de viver e sua lucidez conquistaram o coração dos brasileiros".

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, também divulgou nota lamentando a morte de Dona Canô.

"Cercada de amor e religiosidade, dona Canô simbolizou a família e a fé inquebrantável. Da sua Santo Amaro da Purificação, representou a simplicidade e grandeza de espírito do povo baiano. Bethânia e Caetano são hoje a síntese da força desta grande mulher. Para toda família Veloso e brasileiros, uma perda sentida", disse a ministra.

Lu Lacerda: O porquê das muitas reverências à Dona Canô

O governador da Bahia decretou luto oficial de três dias por causa da morte de Dona Canô. Jaques Wagner disse que vai estudar com a família a melhor forma de prestar uma grande homenagem à mãe de Caetano e Bathânia.

“Ela era uma mulher de muito carisma e personalidade e se destacou pelo que era e não só por ser mãe de dois grandes artistas. Fica a lembrança dessa mulher que era uma unanimidade no estado”, disse o governador.

O governador baiano foi a Santo Amaro da Purificação, cidade onde morava dona Canô, no Recôncavo baiano, e está sendo realizado o velório.

    Leia tudo sobre: DilmaDona CanôJaques Wagnermorte

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG