Dilma decreta luto oficial de sete dias pela morte de Oscar Niemeyer

No Estado e na cidade do Rio de Janeiro, os governos locais decretaram luto de três dias pela memória do arquiteto

Agência Brasil | - Atualizada às

Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff decretou luto oficial de sete dias em todo o País em homenagem a Oscar Niemeyer. Mais importante arquiteto brasileiro do século 20, com obras espalhadas por diversos países, o arquiteto morreu nesta quarta-feira (5), aos 104 anos, no Rio de Janeiro .

TUDO SOBRE OSCAR NIEMEYER

Alan Sampaio / iG Brasília
Vera Lúcia, viúva de Niemeyer, e Dilma Rousseff, no velório do arquiteto

O governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, também decretou luto de sete dias pela morte de um dos idealizadores de Brasília. No Estado e na cidade do Rio de Janeiro, os governos locais decretaram luto de três dias pela memória do arquiteto.

Oscar Niemeyer morreu no Hospital Samaritano, em Botafogo, onde estava internado desde o dia 2 de novembro, vítima de complicações renais e desidratação. Por causa de uma infecção respiratória, o arquiteto que estava na unidade intermediária do hospital, ficou sedado e respirando com auxílio de aparelhos. Niemeyer morreu às 21h55. Ele completaria 105 anos no próximo dia 15.

O corpo do arquiteto foi velado inicialmente no Palácio do Planalto. Em seguida, foi encaminhado para o Rio de Janeiro e velado ao Palácio da Cidade.

Oscar Niemeyer é a terceira pessoa a ser velada no Palácio do Planalto. Antes dele, apenas o presidente Tancredo Neves, morto em 1975, e o ex-vice-presidente José Alencar, que morreu no ano passado, tiveram a última despedida no palácio, sede do governo brasileiro.

O enterro está marcado para esta sexta-feira (7) no Cemitério São João Batista, em Botafogo.

Veja: Enfermeiro canta samba composto com Oscar Niemeyer
Entrevista: "A vida é um sopro", diz Oscar Niemeyer
Veja: A trajetória profissional e política do homem que revolucionou a arquitetura
Opinião - Oscar Niemeyer: o maior do século 20
Infográfico: Niemeyer em 24 obras
Análise - Oscar Niemeyer: a redescoberta da curva na arquitetura
Repercussão: Brasil lamenta morte; Dilma diz que País "perdeu um dos seus gênios"
Frases: 'Para mim o importante é a vida, conhecer as pessoas, haver solidariedade'
Opinião: Niemeyer fez do modernismo identidade brasileira, diz crítico americano
Obra - Especialistas veem 'esgotamento' criativo em obras de Niemeyer


    Leia tudo sobre: lutodilma rousseffoscar niemeyer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG