Há 5 anos o Brasil perdia Paulo Autran

Patrono do Teatro Brasileiro morreu aos 85 anos em consequência de um enfisema pulmonar

iG São Paulo |

Há exatos 5 anos os palcos brasileiros perdiam Paulo Autran. O ator, declarado Patrono do Teatro Brasileiro em lei aprovada em 15 de julho de 2011, foi vítima de um enfisema pulmonar. Ele tinha 85 anos.

Siga o iG Cultura no Twitter

Com o intuito de seguir carreira como diplomata, Paulo Autran formou-se na Faculdade de Direito do Largo São Francisco, em São Paulo, em 1945. Porém, o desgosto com a profissão o levou a participar de peças teatrais amadoras, inicialmente encaradas por ele como um hobby.

O apoio da amiga e atriz Tônia Carrero foi essencial para sua estreia como profissional, que ocorreu em 1949 com a peça "Um Deus Dormiu Lá em Casa", no Teatro Brasileiro de Comédia (TBC).

Apesar de algumas participações marcantes em filmes e telenovelas, como "Terra em Transe" (1967) e "Guerra dos Sexos" (1983), foi no teatro que Autran se realizou. Sua participação em mais de 80 produções garantiu a ele o apelido "O Senhor dos Palcos".

Leia também: Raul Cortez completaria 80 anos

A última passagem de Paulo Autran pelos palcos ocorreu em 2006, com a montagem de "O Avarento", de Molière, no Teatro Cultura Artística. O espetáculo foi suspenso por causa dos problemas de saúde do ator, causados por um câncer de pulmão.

    Leia tudo sobre: Paulo Autranteatro

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG