Stan Lee Media processa Disney por uso de personagens da Marvel

Foco da ação são filmes como 'Os Vingadores', que arrecadou mais de R$ 3 bilhões em bilheteria

Reuters |

Reuters

A Stan Lee Media, empresa que diz deter os direitos sobre personagens da Marvel como Homem-Aranha e Homem de Ferro, abriu um processo judicial contra a Disney, pleiteando "bilhões de dólares em lucros".

O desenhista Stan Lee, que não é mais ligado à Stan Lee Media, criou muitos dos personagens fixos da Marvel. A empresa alega que Lee cedeu em 1998 os direitos desses personagens, mas que um mês depois entregou os mesmos direitos à Marvel Enterprises.

Siga o iG Cultura no Twitter

Em 2009, a Disney adquiriu a Marvel Enterprises, então rebatizada de Marvel Entertainment, por US$ 4,3 bilhões (R$ 8,7 bilhões). A Stan Lee Media foi fundada em 1999, com o objetivo declarado de "abrir processos para recuperar danos ao seu patrimônio".

INFOGRÁFICO: Descubra se você sabe tudo sobre super-heróis

"A Walt Disney Company representou ao público que ela, de fato, possui os direitos sobre esses personagens e sobre centenas de outros personagens criados por Stan Lee", diz a ação, protocolada num tribunal do Colorado.

O foco da ação são filmes da Disney com personagens da Marvel, como "Os Vingadores" , que arrecadou mais de US$ 1,5 bilhão (R$ 3,05 bilhões) nas bilheterias do mundo todo.

Leia também: 'Os Vingadores' vira a sexta maior bilheteria da história do cinema

Em nota, a Disney disse que "a ação não tem mérito", e "decorre de alguns fatos e alegações judiciais que já foram rejeitados por três juízes de tribunais federais".

    Leia tudo sobre: stan lee mediadisneymarvelvingadorescinemaquadrinhos

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG