Russo-americano é um dos nomes mais importantes da arte do século 20

Reuters

Obra atacada de Mark Rothko
Tim Wright
Obra atacada de Mark Rothko

Uma pintura do artista russo-americano Mark Rothko (1903-1970) foi desfigurada neste domingo (dia 7) por um visitante da galeria Tate Modern, de Londres. Uma porta-voz disse que a polícia estava investigando o caso.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Houve um incidente na Tate Modern em que um visitante desfigurou um dos Murais Seagram, de Rothko, aplicando uma pequena área de tinta na pintura", acrescentou.

Rothko, considerado um dos artistas mais importantes do século 20 e cujas obras são vendidas por milhões de dólares, recebeu a encomenda de pintar os Murais Seagram nos anos 1950 para o novo restaurante do Four Seasons de Nova York.

Leia também: Pintura de Mark Rothko é vendida por R$ 168 milhões em leilão

Vários deles terminaram na coleção da Tate depois de serem doados, e a Tate descreve a famosa série de retângulos de contornos suaves e coloridos como "icônica".

Tim Wright escreveu no Twitter que testemunhou o incidente e postou uma fotografia da tela danificada.

"Muito estranho, ele ficou sentado por um tempo e de repente se dirigiu (à obra) e foi embora às pressas. O rapaz calmamente andou, tirou uma caneta e rabiscou", relatou Wright.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.