Raul Cortez completaria 80 anos

O ator, morto em 2006 vítima de um câncer no pâncreas, fez sucesso no teatro e na televisão

iG São Paulo |

O ator Raul Cortez completaria nesta terça (28) 80 anos. Morto em 2006 vítima de um câncer no pâncreas, Cortez fez sucesso tanto nos palcos, estrelando peças como "O Estranho" (1975) e "Rei Lear" (2000), quanto na TV, em novelas como "Brega e Chique" (1987) e "O Rei do Gado" (1996).

Siga o iG Cultura no Twitter

Nascido em São Paulo, Raul Christiano Machado Pinheiro de Amorim Cortez decidiu aos 22 anos trocar a carreira de advogado para viver o sonho de ator. Em 1955 participou de três montagens teatrais, entre elas "Dias Felizes", do dramaturgo irlandês Samuel Beckett.

O desempenho nos palcos rendeu a Cortez cinco prêmios Molière, sendo o último por seu papel em "O Lobo de Ray-Ban" (1987), em que dividia o palco com Christiane Torloni e Renato Modesto.

No cinema a estreia ocorreu em "O Pão que o Diabo Amassou" (1957), um dos trinta filmes que marcaram sua carreira. Seu último sucesso na sétima arte foi "O Outro Lado da Rua" (2004), suspense em que contracena com Fernanda Montenegro.

Com a televisão veio o reconhecimento do grande público. Entre os muitos personagens marcantes de Raul Cortez destacam-se Joaquim Gama, de "Baila Comigo" (1981), Geremias Berdinazzi, de "O Rei do Gado" (1996) e o Barão de Bonsucesso, de "Senhora do Destino" (2004).

    Leia tudo sobre: Raul Cortez

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG