Exposição sobre impressionismo bate marca de 100 mil visitantes

Obras da coleção do Museu d'Orsay, em Paris, estão em cartaz em São Paulo desde o início deste mês

iG São Paulo |

Divulgação
A visitante 100 mil da mostra "Impressionismo: Paris e a Modernidade", Victoria Bortman

A exposição "Impressionismo: Paris e a Modernidade" bateu a marca de 100 mil visitantes em apenas vinte dias em cartaz. O espectador número 100 mil foi a estudante de direito Victoria Bortman, de 23 anos, que visitou a mostra nesta sexta-feira (24).

Por causa do sucesso de público, a exposição teve seu horário de visita ampliado no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB-SP). Entre terça e quinta-feira, a mostra fica aberta das 10h às 22h; na sexta, das 10h às 23h; e nos fins de semana, das 8h às 23h.

A mostra apresenta 85 obras-primas do Museu d'Orsay, de Paris . A seleção inclui pinturas de Monet, Van Gogh, Manet, Gauguin e Degas, entre outros.

A expectativa é a de que a mostra atraia cerca de 600 mil pessoas nos dois meses que estará em cartaz em São Paulo - a exposição fica aberta até 7 de outubro.

INFOGRÁFICO: Entenda a pintura "O Tocador de Pífano", obra-prima de Manet

O CCBB-SP também decidiu realizar mais duas "Viradas Impressionistas" - a primeira aconteceu no início de agosto. Nos fins de semana de 7 e 8 de setembro e de 5 e 6 de outubro, a instituição ficará aberta ininterruptamente.

A exposição "Impressionismo: Paris e a Modernidade" está em cartaz no Centro Cultural Banco do Brasil (r. Álvares Penteado, 112, Centro). A entrada é gratuita.

    Leia tudo sobre: ImpressionismoCCBBArtes Plásticas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG