Dança contemporânea une artistas experientes e iniciantes

Organizado pela Companhia Corpos Nômades, evento terá a participação de 14 grupos brasileiros

Cíntia Esteves Brasil Econômico | - Atualizada às

Divulgação
Espetáculo da companhia Corpos Nômades

Uma maratona de dança contemporânea é a promessa da 5ª Mostra Lugar Nômade. Durante dois finais semanas, 14 companhias de diversos estados brasileiros se reunirão na capital paulista para apresentar três espetáculos de dança por noite, além de workshops sobre o tema. Organizada pela Companhia Corpos Nômades, a mostra contará com o trabalho de nomes de destaque na dança contemporânea brasileira como Célia Gouvêa, Sônia Mota e Eliana Carneiro.

Cada um dos três espetáculos da noite terá a duração de no máximo 45 minutos. “E aos sábados, após a programação principal, o público poderá assistir a coreografias de artistas que estão iniciando na dança contemporânea”, afirma João Andreazzi, curador do evento.

Temas livres

Os coreógrafos soltaram a imaginação na hora de criar as apresentações. Em Imagens do Sagrado — Blima, Eliana Carneiro se apropriou de textos do Livro da Criação que fundamentam a Kabala. Já Espasmos Urbanos foca em um grupo de personagens anônimos, que expõem ao público características da população urbana. A coreografia, dirigida por Mirtes Calheiros, evoca a dinâmica da vida em uma metrópole.

Outro destaque é o espetáculo C-E-C-I-L-I-A. O projeto, criado e dançado por Célia Gouvêa, estreou em Bruxelas no ano do centenário de nascimento da poetisa brasileira Cecília Meireles, em 2001.

Um espetáculo a parte é o endereço da mostra, que acontece na sede da Companhia Corpos Nômades, em um casarão construído da década de 1930. O prédio, tombado pela prefeitura, foi reformado em 2007, ocasião em que recebeu um anfiteatro. n<EN>

5ª Mostra Lugar Nômade
Onde: Espaço Cênio O Lugar (Rua Augusta, 325, Consolação, São Paulo)
Quando: 24 de agosto a 2 de setembro (sextas, às 21h, sábados e domingos, às 20h30
Reservas: (11) 3237-3224

Leia mais notícias sobre política, economia e negócios no Brasil Econômico

    Leia tudo sobre: dança

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG