"É discriminação", acusa mulher de Ozzy; Jack Osbourne, de 22 anos, tem esclerose múltipla

Reuters

Jack e Sharon Osbourne: protesto
Getty Images
Jack e Sharon Osbourne: protesto

A jurada Sharon Osbourne disse nesta segunda-feira (06) que vai deixar o programa de calouros "America's Got Talent" por estar indignada com o fato de seu filho Jack ter sido afastado pela NBC de outro reality show, logo depois de o rapaz ter sido diagnosticado com esclerose múltipla .

A mulher do roqueiro Ozzy Osbourne anunciou a decisão em entrevista ao jornal New York Post, mas deixou claro em mensagem pelo Twitter que vai permanecer no programa até o final da atual temporada, que será retomada pela NBC depois da Olimpíada.

Siga o iG Cultura no Twitter

"Por favor, não me entendam mal. Adoro (o programa) de todo coração, e é claro que vou terminar a temporada. Ele ainda é um dos melhores programas da TV", disse Sharon pelo Twitter.

Em nota, a NBC disse que Sharon é "parte valiosa da família NBC", e lamentou "qualquer mal entendido".

Leia também:  Filho de Ozzy Osbourne é diagnosticado com esclerose múltipla

Sharon é jurada do programa desde 2007. Ela disse ao Post que seu filho Jack, de 26 anos, havia sido selecionado para participar do novo reality show "Stars Earn Stripes", que coloca celebridades em treinamentos militares. Mas ela disse que ele foi desligado do programa dois dias antes de começar a trabalhar, e logo depois de receber o diagnóstico de esclerose múltipla.

"Não pode ser falso", disse ela ao NY Post. "É discriminação, e foi mal conduzida."

Produtores disseram que Jack Osbourne não chegou a assinar contrato para "Stars Earn Stripes".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.