Sem acordo de salários, elenco da série "Modern Family" processa a Fox

Segundo o site Hollywood Reporter, ação na justiça é estratégia dos atores para conseguir aumento nos vencimentos

EFE |

EFE

Divulgação
Elenco do seriado "Modern Family"

Querendo melhores salários, a atriz colombiana Sofia Vergara e seus companheiros da série "Modern Family" processaram nesta segunda-feira o canal Fox por considerarem que seus contratos não se ajustam às leis californianas.

A batalha nos tribunais começou ontem na Corte Superior de Los Angeles e é uma tática, segundo o site Hollywood Reporter, para renegociar seus salários, uma vez que o programa está cada vez mais popular.

Leia também:  "Mad Men" e "Modern Family" lideram indicações ao Emmy 2012

Segundo a documentação apresentada, os atores querem que seus contratos atuais sejam anulados porque violam as leis estaduais que proíbem acordos pessoais por serviço que durem mais de sete anos.

Além de Sofia Vergara, a denúncia é apoiada por Ty Burrell, Julie Bowen, Jesse Tyler Ferguson e Eric Stonestreet, outros atores do seriado.

Ed O'Neill, que interpreta o marido de Vergara na série, não queria participar do processo de seus companheiros, pelo fato de receber salário superior aos demais integrantes do programa, mas mudou de ideia.

A disputa com a Fox obrigou o adiamento do ensaio nesta segunda-feira do capítulo que abriria a quarta temporada de "Modern Family".

Os seis atores da série têm contratos em vigor até o final da sétima temporada, apesar de as renegociações das condições trabalhistas serem comuns entre a terceira e a quarta temporada de um programa em Hollywood.

De acordo com o "The Hollywood Reporter", Vergara, Burrell, Bowen, Tyler Ferguson e Stonestreet receberam uma oferta de aumento salarial de US$ 65 mil (R$ 132 mil) por capítulo e US$ 150 mil (R$ 306 mil) pela quarta temporada.

    Leia tudo sobre: Modern Familytelevisãoséries

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG