Críticos se surpreendem com programas ignorados pelo Emmy

Séries como "Parks & Recreation", "Community" e "House" foram esnobadas pelos membros da Academia de Artes e Ciências da Televisão

Reuters |

Reuters

Enquanto os indicados para os prêmios Emmy 2012 abriam as garrafas de champanhe para comemorar na quinta-feira (dia 19), alguns críticos de TV e observadores da indústria expressaram surpresa que diversas comédias e séries de drama populares foram ignoradas pelos membros da Academia de Artes e Ciências da Televisão.

Entre os esnobados pelo Emmy nas listas de muitos críticos estavam as comédias da NBC "Parks & Recreation" e "Community", enquanto o drama "Boss", estrelado por Kelsey Grammer, também não conseguiu obter o respeito dos julgadores da Academia, de acordo com alguns observadores da indústria.

Grammer, que já ganhou cinco prêmios Emmy anteriores e foi nomeado 14 vezes por suas performances em "Cheers", "Frasier", "Wings", e "Simpsons", não recebeu indicação para a categoria de ator principal, apesar de ter ganhado um Globo de Ouro este ano.

"A maior afronta do dia foi Kelsey Grammer em 'Boss'. Ele é um favorito da Academia. Eu pensei que ele era uma certeza nesse show. Ele é fantástico e nem sequer foi nomeado", disse Rob Moynihan, da TV Guide.

Leia também: "Mad Men" e "Modern Family" lideram indicações ao Emmy 2012

Nas categorias de comédia, "Parks & Recreation" obteve cinco indicações, incluindo melhor atriz para Amy Poehler, mas não está na disputa por melhor série. "Community", que perdeu o criador Dan Harmon este ano após desentendimentos com executivos da rede, obteve uma nomeação pelo roteiro.

James Hibberd, da Entertainment Weekly, escreveu que "muitos sentiram que 'Parks & Recreation' teve sua melhor temporada, e que Nick Offerman em particular deveria ter sido nomeado. Em vez disso, a Academia nomeou outra comédia peculiar com toque de política, 'Veep', que a maioria achou que foi apenas levemente engraçada".

Outras comédias que os críticos sentiram que ficaram de fora incluíram o desenho "Family Guy", da Fox, e o musical de sucesso "Glee".

Nas categorias de drama, a AMC conseguiu 34 indicações para "Mad Men", "Breaking Bad", "The Walking Dead" e "Hell on Wheels", mas os críticos foram rápidos em apontar a ausência de "The Walking Dead" em grandes categorias.

Greg Braxton, do Los Angeles Times, disse que o programa "é uma das séries mais populares e aclamadas da rede de TV a cabo, com críticos continuamente observando que a qualidade da atuação e o roteiro consistente levam o drama para além do usual do gênero de terror". Mas o show só foi indicado em categorias técnicas.

Alguns sentiram que "House" , da Fox, e o ator principal, Hugh Laurie, foram desprezados após o popular programa ter terminado neste ano, depois de oito temporadas. O show ganhou cinco prêmios Emmy no ano passado.

Nas categorias de reality show, "American Idol", que obteve 10 indicações no ano passado, recebeu três na quinta-feira, incluindo uma para Ryan Seacrest como apresentador. O programa não foi indicado para melhor competição, embora "The Voice", rival menos popular, tenha sido.

    Leia tudo sobre: emmyparks and recreationgleefamily guyhouse

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG